Diferença entre as teorias do conhecimento racionalista e empirista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Portifólio

Filosofia Geral e Ética Profissional

TEMA:

Estabelecer a diferença entre as teorias do conhecimento
racionalista e empirista, e diga quem apresentou outra teoria que
realmente demonstra como se efetiva o conhecimento.

Teoria do Conhecimento

Como distinguir o conhecimento da simples opinião? O que podemos / o que não podemos conhecer? Comodistinguir a verdade da mentira?
Antes de mais nada, vamos conceituar o que na realidade é entendido como Teoria do Conhecimento: podemos compreender a Teoria
do Conhecimento como a busca contínua de respostas para as perguntas apontadas no início deste texto. Busca esta firmada no estudo do alcance, das fontes e dos limites do conhecimento Humano.
Um requisitopara que se encontre as respostas às questões propostas está na necessidade de compreender a capacidade do indivíduo de, no momento de interação com o mundo que o cerca, compreendê-lo. No entanto, o mais complexo está no fato de que, muitas vezes os juízos de valores levam a uma concepção errônea sobre dada situação. E, ao penetrarmos o terreno da relação percepção e realidade, éimpossível não encontrar a filosofia.
ROSAS define conhecimento como a relação entre o sujeito que conhece ou deseja conhecer e, o objeto a ser conhecido ou que se dá a conhecer. O mesmo autor, retorna à Grécia Antiga pontuando as visões é métodos de conhecimento de Sócrates, baseada na ironia e na maiêutica; de Platão, baseada na Doxa (ciência baseada na opinião) e; Aristóteles,baseada na Episteme (ciência baseada na observação / Experiência).Contudo, uma vez que o propósito deste trabalho esteja focado na Teoria do Conhecimento oriunda da Idade Moderna, não nos ateremos à Antiguidade ou à Idade Média.
Ainda segundo ROSAS, a primeira revolução Científica promoveu diversas mudanças para o pensamento, dentre as quais a mudança da visão de mundo doteocentrismo para o antropocentrismo (de Deus como o centro do conhecimento para o Homem como tal centro).
A seguir, serão elucidadas as correntes do Racionalismo e do
Empirismo, bem como suas diferenciações.

Racionalismo x Empirismo

Ao atentarmos para o racionalismo, é possível notar que este
há uma argumentação no sentido de que a obtenção do conhecimentocientífico se dá pelas idéias inatas (pensamentos existentes no homem
desde sua origem que o tornariam capazes de deduzir as demais coisas do
mundo). Para os racionalistas, essas idéias inatas seriam o fundamento da
Ciência.
Em contrapartida, para o empirismo e seus seguidores, os
empiristas, a experiência é a base do conhecimento científico, ou seja,adquire-se a sabedoria por intermédio da percepção do Mundo externo, ou
então do exame da atividade da nossa mente, que abstrai a realidade que
nos é exterior e as modifica internamente.Portanto, os empiristas apontam que a única maneira de se compreender um dado acontecimento é vivenciar (experiência) uma dada situação / conhecimento, a fim de que o sujeito possa internalizá-lo (caráterbastante individualista de aprendizagem).

Segue um quadro comparativo entre as duas Teorias

|Racionalismo |Empirismo |
|Para os racionalistas, as idéias do mundo exterior são tecidas pela |Os empiristas apontam a origem das idéias como fruto de um processo deabstração.|
|captação da realidade do mundo externo pelo indivíduo. Também pode ser |Tal processo deveria se iniciar com a percepção a partir da qual os sentidos do|
|provenientes da ação imaginativa e, pelas idéias inatas (nascem com o |indivíduo interagem com o ambiente.A grande diferenciação com relação ao |
|sujeito), tidas como base da razão. A partir do inatismo é dado ao...
tracking img