Didatica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1547 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Em seu texto "Didática: uma retrospectiva histórica", a autora Ilma Passos procura descrever a trajetória histórica da didática no Brasil. Indo do período que traça desde a colonização em 1549, com a chegada dos jesuítas como primeiros educadores; em seguida enfatizando as modificações transformações durante a década de 30, onde, enfim, a didática é incorporada como disciplina noscursos para a formação dos professores; chegando por fim aos dias atuais. A autora destaca ainda a influência e determinação dos contextos sócio-econômicos e políticos, que servem para identificar as propostas pedagógicas presentes na educação.
Dados esses pressupostos no âmbito do geral, vou tentar chegar ao nosso particular, que é a evolução histórica da didática em terras brasileiras e abrangera formação docente em cada das fases da didática, pelo menos em caráter introdutório.
Os estudos contemplam a seguinte periodização:
• 1º fase: 1901/ 1930: Ação Pedagógica dos Jesuítas
• 2º fase: 1930/ 1945: Didática Tradicionalista/ Manifesto dos Pioneiros
• 3º fase: 1945/ 1960: O Predomínio das Novas Idéias e a Didática
• 4º fase: 1960/ 1964: Os Descaminhos da Didática
• 5º fase: 1964/1980: Momento Atual da Didática








1º fase: 1901/ 1930: Ação Pedagógica dos Jesuítas
Os jesuítas se dedicaram a propagação da fé católica e ao trabalho educativo. Dispuseram-se a ensinar aos índios a ler e escrever.
Nas escolas jesuítas funcionavam alguns princípios que se mantiveram por mais de duzentos anos: unificação do método de ensino por todos os professores, ênfase naconcentração e na atenção silenciosa dos alunos e um processo de ensino ligado à repetição e memorização dos conteúdos apresentados. Todos estes princípios se sobressaem na Ratio Studiorum (Ordem dos Estudos), síntese da experiência pedagógica dos jesuítas, composta de normas e estratégias, que visavam à formação integral do homem, de acordo com a fé e a cultura católica daquele tempo.
“Os jesuítas emsua atividade pedagógica privilegiavam o exercício da memória e desenvolvimento do raciocínio, promovendo a formação dogmática do pensamento; dedicavam a atenção ao preparo dos padres-mestres dando ênfase a formação do caráter e sua formação psicológica para conhecimento de se mesmo e do aluno. A metodologia de ensino estava centrada no caráter meramente formal, tendo por base o intelecto, oconhecimento, marcado pela visão essencialista do homem.” (Veiga, Ilma, PÁG. 26, 27).
Assim não se poderia pensar em uma prática pedagógica e muito menos em uma didática que buscasse uma perspectiva transformadora na educação.
2º fase: 1930/ 1945: Didática Tradicionalista/ Manifesto dos Pioneiros
A didática/ pedagogia Tradicional em sua vertente leiga mantém a visão essencialista do homem, nãomais ligada à criação divina e sim aliada à noção de natureza humana essencialmente racional, inspirando a criação da escola pública, laica, universal e gratuita.
A Pedagogia Tradicional caracterizava-se por dar ênfase ao ensino humanístico de cultura geral, enciclopédico, não levando em consideração o contexto, a realidade em que o aluno está inserido; o professor se torna o centro do processo deaprendizagem, a relação pedagógica se dá de maneira hierarquizada e verticalizada; o aluno é educado para seguir atentamente a exposição do professor, sendo concebido este como um receptor passivo. Na Pedagogia Tradicional a didática é compreendida como um conjunto de regras que assegura aos professores as orientações necessárias para o desenvolvimento do seu trabalho. A atividade docente éentendida como inteiramente autônoma face à política dissociada da relação escola/sociedade. Uma didática que separa teoria e prática.
O período que vai de 1930 a 1945 é marcado pelo equilíbrio entre as influencias das concepções humanista tradicional e moderna. Segundo Saviane a concepção humanista moderna está baseada em uma “visão de homem centrada na existência, na vida, na atividade”. No...
tracking img