Didatica e pratica de anhanguera

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO DE PEDAGOGIA



DIDATICA E PRÁTICAS DE ENSINO



.





SÃO PAULO
2012


UNIVERSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP
Resumo

Precisam aprofundar a discussão sobre a indisciplina em sala de aula como um obstáculo para o aprendizado. O problema precisa ser enfrentadopor toda a equipe pedagógica das escolas. Neste processo, é imprescindível que se ouça o aluno e as famílias.
Não há uma estratégia-padrão a aplicar perante uma atitude do aluno. O professor não deve ter comportamentos que induzam violência física ou moral para com os alunos. Compete ao professor conduzir o aluno de forma a que ele se sinta responsável e cooperante.
Precisamosachar o erro, e de nada adianta buscar culpados. É preciso sim, buscar soluções. É necessário também que a Escola tenha claro o que é indisciplina.
A realidade imediata é a questão da indisciplina. É preciso discutir esta realidade. Deixar de ver este problema de maneira mecânica e sim, olhar o problema através de uma análise. Só assim irá mudar sua prática social e pedagógica.Introdução
Atualmente a indisciplina tornou-se um obstáculo ao trabalho pedagógico e os professores ficam desgastados, tentam várias alternativas, e já não sabendo o que fazer, chega mesmo em algumas oportunidades a pedir ao aluno indisciplinado que se retire da sala já que ele atrapalha o rendimento do restante do grupo.
Como se resolve a indisciplina?
Não hásolução fácil. Mas é essencial trabalhar como conteúdo de ensino as questões relacionadas à moral e ao convívio social e criar um ambiente de cooperação.
As estratégias utilizadas ultimamente por grande parte dos professores para lidar com a indisciplina têm sido desastrosas e estão na contramão do que os especialistas apontam ser o mais adequado. Pesquisa realizada em 2008 pela Organização dosEstados Ibero-Americanos com 8,7 mil professores mostrou que 83% dele defendem medidas mais duras em relação ao comportamento dos alunos, 67% acreditam que a expulsão é o melhor caminho e 52% acham que aumentar o policiamento nas escolas.
Se repreensão funcionasse, a indisciplina não seria apontada como aspecto da Educação com o qual é mais difícil lidar em sala de aula. Até mesmo osalunos acreditam que o problema vem crescendo.
A situação parece ser muito pior a cada dia: alunos agridem professores e muitas vezes saem da escola com um baixo nível de aprendizado, mas é valido poder encarar está situação e tentar revertê-la. Acredita-se que o professor que realmente aprecia o seu trabalho tem o poder pessoal e intelectual para impulsionar a mudança. É evidente quenão conseguirão mudar o processo integral de educação, mas com certeza a contribuição por parte dos mesmos é bastante valiosa.
Falta de autoridade
O que se espera da escola é conhecimento. É isso que faz o aluno respeitar o ambiente à sua volta. Se a aula está um tédio, ele vai procura algo mais interessante para fazer.
Relato reflexível
É muito importante no inicio do anoo professor ter alguma estratégia para prevenir comportamentos de indisciplina dos alunos. As estratégias devem ser utilizadas e adequadas a cada aluno e a cada situação.
Sou estagiaria e deparei com alguns casos de indisciplina como o do Kelvin e Fabrício. Alunos que não tratam colegas com respeito. A professora chama sua atenção e explica constantemente que não pode correr pela sala,não gritar com os amigos, não bater no amiguinho e não empurrar os amigos.
Acho que precisam de um voto de confiança para aumentar sua auto-estima.
Uma atividade interessante em sala de aula é montar um projeto com outra turma, a fim de inserir os que não façam parte do cotidiano da turma, mas permitindo a troca de experiências.
Essas atividades podem...
tracking img