Dicas de português - prof. sergio porto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5732 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1ª) DESTRATAR ou DISTRATAR?

“Ela foi destratada ou distratada pelo marido na frente dos vizinhos.”?
a) DESTRATAR é “tratar mal”;
b) DISTRATAR é “romper um trato”.
Portanto, o certo é: “Ela foi destratada pelo marido na frente dos vizinhos.” Quando um contrato é rompido, o documento que se assina chama-se distrato.
Agora, uma curiosidade: se quem estuda é um estudante, se quem dirigeé um dirigente, se quem assiste é um assistente, quem trata é um… tratante?
Há muito tempo, talvez tenha sido. Hoje eu faço trato com muita gente, menos com um tratante. São as catacreses da língua portuguesa (= palavras que perderam o seu sentido original): salário (= pagamento que era feito em sal), secretária ( = móvel em que se guardavam segredos)…

2ª) -ISAR ou -IZAR? Paralisar ouparalizar?
-SINHO ou -ZINHO? Paisinho ou paizinho?

1) Escrevem-se com “s” (= -ISAR e –SINHO) os verbos derivados e os diminutivos de palavras que já têm “s”:
Análise > analisar
Aviso > avisar
Pesquisa > pesquisar
Paralisia > PARALISAR
Casa > casinha
Lápis > lapisinho
Mesa > mesinha
País > PAISINHO (=diminutivo de país)

2) Escrevem-se com“z” (= -IZAR e –ZINHO) os verbos derivados e os diminutivos de palavras que não têm “s”:
ameno > amenizar
legal > legalizar
real > realizar
suave > suavizar
animal > animalzinho
balão > balãozinho
flor > florzinha
pai > PAIZINHO (=diminutivo de pai)

3ª) A CERCA DE ou HÁ CERCA DE ou ACERCA DE?

a) A CERCA DE =A (preposição) + CERCA DE (perto de, aproximadamente, por volta de, em torno de):
“Estamos a cerca de dez quilômetros do estádio.” (= Estamos aproximadamente a dez quilômetros do estádio – ideia de distância);
“Ele deverá voltar ao Brasil daqui a cerca de dois anos” (tempo futuro);
ou A CERCA DE = A (artigo) + CERCA (substantivo) + DE (preposição):
“A cerca de arame farpado foi cortada.”b) HÁ CERCA DE = HÁ (verbo) + CERCA DE (perto de, aproximadamente, por volta de, em torno de):
“Não nos vemos há cerca de dez anos.” (= Faz aproximadamente dez anos que não nos vemos – ideia de tempo já decorrido)
ou “Há cerca de 40 pessoas na sala.” (= Existem perto de 40 pessoas na sala).

c) ACERCA DE = a respeito de, sobre:
“Falávamos acerca do jogo de ontem.”

4ª) A frase “É anova paradinha criada por Mestre Jorjão para o carnaval desse ano” está correta?

O certo é “…carnaval deste ano”, pois nos referimos ao ano em que estamos. Quando a ideia é de tempo presente (=momento, hora, dia, semana, mês, ano), devemos usar ESTE(S) ou ESTA(S):
“NESTE momento” é agora;
“ESTE dia” é hoje;
“Até o fim DESTA semana” é até o fim da semana em que estamos.

5ª) ARREIA ou ARRIA?Depende do verbo.
ARREIA é do verbo ARREAR (= pôr os arreios): “Ele arreia o cavalo”;
ARRIA é do verbo ARRIAR (= abaixar, fazer descer) : “Ele arria as calças.”
Os verbos terminados em “– ear” são irregulares (= fazem o ditongo “ei” quando a sílaba tônica cai sobre a vogal “e”): eu arreio, tu arreias, ele arreia, eles arreiam, que eu arreie…
Os verbos terminados em “– iar” são regulares (=não fazem o ditongo “ei”): eu arrio, tu arrias, ele arria, eles arriam, que eu arrie.
Os verbos do grupo do MARIO (mediar, ansiar, remediar, incendiar, odiar e o verbo intermediar, que é derivado) são as exceções. São os verbos terminados em “– iar” que são irregulares (= fazem o ditongo “ei”): eu medeio, anseio, remedeio, incendeio, odeio e intermedeio.

1ª) “Ele está AO PAR ou A PAR doassunto”?

O certo é: “Ele está A PAR do assunto.”
a) A PAR DE = “estar ciente de”;

b) AO PAR = “em paridade, em igualdade”;“título ou moeda de
valor idêntico: câmbio ao par”: “O real e o dólar já estiveram ao par”.

2ª) COM A GENTE ou CONOSCO ou COM NÓS?

a) Falar COM A GENTE é típico da linguagem coloquial brasileira.
Só pode ser usado em textos informais:
“A outra turma...
tracking img