Dibs: em busca de si mesmo - humanismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2211 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Após a leitura do livro Dibs em Busca de Si mesmo, formulou-se o devido trabalho para identificar os Pressupostos Básicos, os quais haviam sido apresentados aos alunos do Curso de Psicologia durante o Intensivo de Humanismo: Os Pressupostos Fundamentais. Após a leitura do livro, tornou-se muito agradável aprofundar-se, e explorar com um novo olhar a Ludoterapia e a evolução que opaciente apresentou durante a terapia, sendo que, torna-se gratificante ver tal crescimento pessoal de uma criança com tamanhas limitações impostas por si mesmo. Contudo, a escritora mostra no decorrer do livro como Miss A. desempenha o papel de permitir esta maturação de modo natural, e então passa a conhecer o mundo que posteriormente era intocado, o verdadeiro Dibs.Os Pressupostos Básicos – Dibs em Busca de Si Mesmo

Tendência Atualizante

Seria minha responsabilidade comunicar-lhe da melhor maneira que pudesse,
principalmente através de minhas atitudes e filosofia, que sua intimidade, seu mundo pessoal lhe pertenciam, de fato, e que só a ela caberia decidir se queria abrir a porta e deixar-me compartilhar de alguns aspectos dele. E se elaassim o decidisse, não a apressaria e nem tentaria arrancar-lhe nada que pela sua livre vontade não oferecesse, mas confiaria em sua habilidade em dividir seu mundo com outra pessoa. E se, porventura, ela decidisse conservar suas portas fechadas, eu certamente não tentaria sequer bater nelas. Deixaria que, à hora certa, ela mesma tentasse abri-las sem pressões exteriores.
Pág: 73


Suspirou,enfim, profundamente. Ficou um pouco de lado e dirigiu-me
um rápido olhar.
- Há tantas coisas no mundo - disse. - Apenas olhando por esta janela, posso ver tantas coisas maravilhosas. Árvores que crescem altas e fortes! Uma igreja que sobe em direção ao céu. Vejo pessoas passando. Todo tipo de pessoas! Vejo, ainda, automóveis e caminhões. E aquelas pessoas. Há gente de todo tipo. Algumas vezes sintomedo delas.
- Algumas vezes você sente medo das pessoas? - disse, esperando que ele se sentisse encorajado a continuar.
- Mas, outras vezes, não fico amedrontado diante delas. Não tenho medo de você.
- Você não sente medo quando está comigo? - comentei.
- Não - afirmou. E suspirou. - Não tenho medo agora, quando estou com você.
Pág: 134

“Por diversas vezes sabe-se da dificuldade que opsicólogo irá encontrar, e de todas as trancas que estarão por serem desfeitas para se chegar ao real emocional da pessoa que o busca. É preciso transmitir confiança de modo recíproco, é necessário demonstrar que é seguro compartilhar o que se sente. Exteriorizar o interior. Serve como motivação o desejo de ver o retorno de um sorriso mesmo que modesto no rosto de uma mãe que se frustra, cala-se edeprime-se. O desejo de obter respostas as suas expectativas em relação ao seu filho, e suas próprias cobranças em relação a sua profissão, a sua família e posição social; Tais situações e o próprio meio em que ela se encontra inserida, não lhe deixam perceber que não cabe apenas a ela o processo de maturação de seu filho; Que o crescimento torna-se uma descoberta, uma conquista diária e que talacontecimento não finda, é uma busca diária para um aperfeiçoamento como ser humano”.



Terapia Centrada no Cliente – TCC

- Dibs, você gostaria que uma outra criança, garoto ou garota, viesse brincar com você aqui às quintas-feiras? - perguntei.
Dibs parecia que ia saltar. Olhou-me diretamente, com raiva no olhar.
- Não! Não! - gritou. - Não quero ninguém mais aqui.
- Não quer uma outracriança aqui com você?
Dibs pareceu desmoronar.
- Ninguém viria - falou tristemente.
- Você crê que ninguém viria? É por isso que você disse não?
- Não - resmungou. - Ninguém gosta de mim. Ninguém viria.
- Mas se outra criança quisesse vir e ficar aqui com você, faria alguma diferença?
- Não - gritou Dibs. - Isto aqui é meu! E quero que seja só meu! Quero isto apenas para mim e para você. -...
tracking img