Diarios de um vampiro, incompleta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5139 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto

14 DE SETEMBRO
QUERIDO DIÁRIO, ALGUMA COISA HORRÍVEL VAI ACONTECER HOJE. NÃO SEI POR QUE ESTOU ESCREVENDO ISSO. É LOUCURA. NÃO HÁ MOTIVOS PARA EU ESTAR ABORRECIDA E TODOSOS MOTIVOS PARA FICAR FELIZ, MAS... MAS AQUI ESTOU EU, ÀS CINCO E MEIA DA MANHÃ, ACORDADA E APAVORADA. FICO DIZENDO A MIM MESMA QUE É SÓ PORQUE ESTOU TOTALMENTE CONFUSA COM A DIFERENÇA DE FUSO HORÁRIO ENTRE A FRANÇA E AQUI.MAS ISSO NÃO EXPLICA POR QUE ESTOU TÃO ASSUSTADA. POR QUE ESTOU TÃO PERDIDA. DOIS DIAS ATRÁS, ENQUANTO TIA JUDITH, MARGARET E EU ESTÁVAMOS VOLTANDO DE CARRO DO AEROPORTO, TIVE UMA SENSAÇÃO ESTRANHA. QUANDO ENTRAMOS NA NOSSA RUA, DE REPENTE PENSEI: "MAMÃE E PAPAI ESTÃO EM CASA ESPERANDO POR NÓS. APOSTO QUE ESTARÃO NA VARANDA DA FRENTE OU NA SALA, OLHANDO PELA JANELA. ELES DEVEM TER SENTIDO MUITO AMINHA FALTA." EU SEI. ISSO É TOTALMENTE MALUCO. MAS MESMO QUANDO VI A CASA E A VARANDA VAZIAS, AINDA SENTI ISSO. CORRI PELA ESCADA E TENTEI ABRIR A PORTA, ATÉ BATI A ALDRAVA. E QUANDO TIA JUDITH DESTRANCOU A PORTA, EU EXPLODI PARA DENTRO E FIQUEI NO CORREDOR ESCUTANDO, ESPERANDO OUVIR MINHA MÃE DESCER A ESCADA OU MEU PAI CHAMANDO DO GABINETE DELE. FOI AÍ QUE TIA JUDITH DEIXOU A MALA CAIR NO CHÃOCOM ESTRONDO ATRÁS DE MIM, SOLTOU UM SUSPIRO IMENSO E DISSE: "ESTAMOS EM CASA." DEPOIS, MARGARET RIU. E ME VEIO A SENSAÇÃO MAIS TERRÍVEL QUE TIVE EM TODA A MINHA VIDA. NUNCA ME SENTI TÃO COMPLETAMENTE PERDIDA. CASA. ESTOU EM CASA. POR QUE ISSO PARECE UMA MENTIRA? EU NASCI AQUI, EM FELL'S CHURCH. SEMPRE MOREI NESTA CASA, SEMPRE. ESTE É MEU VELHO QUARTO DE SEMPRE, COM A MARCA DE QUEIMADURA NO PISO DEMADEIRA DE QUANDO CAROLINE E EU TENTAMOS FUMAR ESCONDIDO NO QUINTO ANO E QUASE SUFOCAMOS. POSSO OLHAR PELA JANELA E VER O GRANDE MARMELEIRO, QUE MATT E OS MENINOS ESCALARAM PARA INVADIR A FESTA DO PIJAMA DO MEU ANIVERSÁRIO HÁ DOIS ANOS.ESTA É A MINHA CAMA, MINHA CADEIRA, MINHA CÔMODA. MAS NESTE MOMENTO TUDO ME PARECE ESTRANHO, COMO SE ESTE NÃO FOSSE O MEU LUGAR. EU É QUE ESTOU DESLOCADA. E O PIORÉ QUESINTO QUE PERTENÇO A ALGUM LUGAR, MAS NÃO CONSIGO DESCOBRIR QUAL É. ONTEM EU ESTAVA CANSADA DEMAIS PARA IR AO PRIMEIRO DIA DE AULA. MEREDITH PEGOU O HORÁRIO PARA MIM, EU NÃO TIVE VONTADE DE FALAR COM ELA AO TELEFONE. TIA JUDITH DISSE A TODOS QUE LIGARAM QUE EU ESTAVA COM JET LAG E DORMINDO, MAS ELA ME OLHAVA DE UM JEITO ESTRANHO NO JANTAR. MAS HOJE VOU TER QUE VER O PESSOAL. TEMOS QUE NOSENCONTRAR NO ESTACIONAMENTO ANTES DA AULA. SERÁ POR ISSO QUE ESTOU ASSUSTADA? SERÁ QUE TENHO MEDO DELES?ELENA GILBERT PAROU DE ESCREVER. OLHOU A ÚLTIMA FRASE QUE ESCREVERA E SACUDIU A CABEÇA, A CANETA PAIRANDO SOBRE O PEQUENO CADERNO COM CAPA DE VELUDO AZUL. DEPOIS, COM UM GESTO REPENTINO, ELA LEVANTOU APDL – PROJETO DEMOCRATIZAÇÃO DA LEITURACABEÇA E ATIROU CANETA E CADERNO NA GRANDE JANELA DA SACADA,ONDE ELES QUICARAM SUAVEMENTE E CAÍRAM NO ASSENTO ACOLCHOADO. ERA TUDO TÃO COMPLETAMENTE RIDÍCULO. DESDE QUANDO ELA, ELENA GILBERT, TINHA MEDO DE ENCONTRAR ALGUÉM? DESDE QUANDO TINHA MEDO DE ALGUMA COISA? ELA SE LEVANTOU E PASSOU OS BRAÇOS COM RAIVA NUM QUIMONO DE SEDA VERMELHA. NEM OLHOU PARA O ELABORADO ESPELHO VITORIANO ACIMA DA CÔMODA DE CEREJEIRA: SABIA O QUE VERIA ALI. ELENA GILBERT,DESCOLADA, LOURA E MAGRA, A QUE LANÇAVA MODA, A VETERANA DO ENSINO MÉDIO, A GAROTA QUE TODO MENINO QUERIA TER E TODA MENINA QUERIA SER. QUE AGORA TINHA UMA CARETA INCOMUM NA CARA E A BOCA NUM BIQUINHO. UM BANHO QUENTE E UM CAFÉ E VOU ME ACALMAR, PENSOU ELA. O RITUAL MATINAL DE SE LAVAR E SE VESTIR ERA TRANQUILIZADOR, E ELA SE DEMOROU NELE, VASCULHANDO AS NOVAS ROUPAS DE PARIS. POR FIM ESCOLHEU UM TOPROSA-CLARO E SHORT BRANCO DE LINHO QUE A DEIXAVAM PARECIDA COM UM SUNDAE DE FRAMBOESA. DÁ VONTADE DE COMER, PENSOU ELENA, E O ESPELHO MOSTROU UMA GAROTA COM UM SORRISO SECRETO. SEUS TEMORES ANTERIORES DERRETERAM, ESQUECIDOS.
__ ELENA! ONDE VOCÊ ESTÁ? VAI SE ATRASAR PARA A ESCOLA! – A VOZ VEIO FRAQUINHA DO PRIMEIRO ANDAR. ELENA PASSOU A ESCOVA MAIS UMA VEZ PELO CABELO SEDOSO E O PRENDEU ATRÁS...
tracking img