Dianamica ambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 81 (20071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Justificacão e Imputacão
´

Sema
na

28

´

A justificação implica não apenas retirar a
culpa, mas transferir a justiça de Cristo ao
pecador.

OBJETIVO
Ao final da reunião, o adolescente será capaz de fazer uma lista dos privilégios espirituais,
que ele como salvo, passou a possuir através da justificação e imputação da justiça de
Jesus Cristo a ele.

N ECESSÁRIOS
MATERIAISNECESSÁRIOS
Dicionário;
Lápis ou canetas;

Um martelo (para
simulação de um
julgamento);
Duas vasilhas;

Farinha;
Balas.

D INÂMICA
Recepção
Dê as boas vindas a todos, principalmente aos visitantes. Diga o quanto é bom eles estarem presentes.
Para este encontro sugerimos que arrume o local como se fosse ter uma audiência jurídica, coloque uma
mesa e as cadeiras voltadas para ela.Quebra Gelo
Faça uma corrida de revezamento. Divida os adolescentes em equipes de 5 a 10. Para cada equipe,
prepare uma vasilha com balas cobertas de farinha. Um integrante de cada vez deve correr até a vasilha e
remover uma bala com o pé. Não vale virar a vasilha. Um líder pode segurar a vasilha no lugar. Vence a
primeira equipe em que todos os integrantes tirarem a bala.

Cânticos
Escolhamúsicas que falem sobre o sacrifício de Jesus Cristo por nós e de Sua justiça feita em nosso favor.

139
139

Compartilhar
Peça para um adolescente compartilhar sobre sua conversão. Peça para ele se deter mais em como ele
se sente após ter confiado a sua vida a Jesus Cristo, através da fé e ter recebido o perdão dos pecados. E
como essa semana devocional o ajudou a compreender o queaconteceu com ele.

Memorize
“Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.”
- Romanos 6.23 - NVI

DESENVOLVIMENTO
Captação
“O JULGAMENTO” Selecione sete adolescentes e escolha quem vai fazer o quê. Explique o que cada
um terá que representar: no julgamento existe o réu, aquele que está sendo acusado, o juiz que irá “decretar
asentença”, ou seja, que irá dizer se a pessoa que está sendo acusada (o réu) é inocente ou culpado, tem
também os advogados (dois), que irão defender ou acusar o réu na frente do juiz. As testemunhas (duas),
o júri (aqueles que ajudam o juiz a dar a sentença). Eles terão que julgar se o réu é culpado ou inocente de
ter cometido alguma falta (pode ser um roubo, sejam criativos!).

ExploraçãoJustificação é o processo pelo qual seres humanos pecadores são aceitos por um Deus santo. E imputação,
é receber um crédito em seu benefício. Vimos esses conceitos nessa semana devocional.
Imagine se todos nós estivéssemos em um julgamento, quem vocês acham que seriam os personagens
correspondentes? Quem seria o réu? E o juiz? (Deixe-os responder). Bem, neste julgamento todos nós somos
osréus (culpados) Deus é o justo juiz e Jesus é o nosso advogado de defesa. (Explique mais uma vez o papel
que um advogado desempenha)
Como já aprendemos, por causa do nosso pecado, todos nós já nascemos “condenados”. Somos declarados
culpados, mas por causa do sangue derramado na cruz do nosso advogado, Jesus, essa situação pode mudar!

A ACUSAÇÃO:
Romanos 3.21-28
De que estávamos sendoacusados? Estávamos sendo acusados de pecado. Todos estão no banco dos
réus, ninguém pode escapar dessa acusação, quanto menos da condenação. Isso é um problema, pois causa
separação entre o homem e Deus e faz cair sobre todo pecador a ira de Deus. Na semana devocional também
vimos alguns conceitos como: “redenção” que significa que a morte de Cristo foi o preço pago pela libertação
e a palavra“propiciação”, que significa que esse pagamento satisfez a justiça de Deus. Sem esses dois
conceitos em nossa vida, iríamos receber a sentença final: a morte (Rm 6.23).

140
140
140

O PREÇO PAGO:
Gálatas 2.16; 3.24
O preço para que fossemos redimidos ou justificados foi altíssimo. Podemos ter essa ideia pelo exemplo
de um julgamento, no qual a sentença contra o réu irá fazê-lo pagar por...
tracking img