Dialogo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1990 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Estadual Solon de Lucena

Trabalho de Filosofia

Manaus-AM
17/04/2013
Agenor Tavares – nº 1,














O Diálogo









Trabalho solicitado na disciplina de Filosofia, sob orientação do professor Pedro Maciel para obtenção de nota no 1Bimestre na Turma do 1º ano 1 do Turno matutino.

Manaus-AM
17/04/2013

SumárioIntrodução ............................................................................................................................. 04
1. O Poder do Diálogo .......................................................................................................... 05
2. A Arte de Perguntar .......................................................................................................... 063. Estrutura do Diálogo ......................................................................................................... 07
Conclusão ............................................................................................................................. 08
Bibliografia............................................................................................................................ 09

Introdução
O diálogo é uma expressão linguística que ocorre entre duas ou mais pessoas, ou seja, uma troca ou discussão de ideias, opinião, etc. O dialogo serve para alcançar um entendimento mais claro e preciso sobre um determinado pensamento ou assunto.
Portanto filosofar é conversar, ou seja, dialogar através do pensamento, da escrita, da fala ou da leitura,podemos dizer que a linguagem é o principal meio ou instrumento da filosofia. Ela serve para que as pessoas cheguem a um ideal ou acordo. Por isso é que devemos levar em conta sempre que filosofamos, se detemos o conhecimento que acreditamos ter, se esse conhecimento é verdadeiro ou apenas uma ilusão.
Um filósofo que influenciou muito no diálogo foi Sócrates, Sócrates era filho de uma MulherChamada Fanerete que era uma parteira e tinha como pensamento: ”O filosofo seria um parteiro de almas não de corpos” Sócrates tinha só uma pergunta para as pessoas que perguntavam a ele, e era muito simples: “Só sei que nada sei’’ ele era conhecido como ignorante pois tudo que perguntavam ele respondia isso e ele só respondia perguntas de uma pessoa que era chamado de Teeteto, eles eram amigos, eSócrates tinha uma linguística muito interessante e diferente das outras.
Sócrates falava que tinha sua própria arte que era chamada de maiêutica que significa ”ciência ou arte do parto”, ninguém entendia por que ele falava isso nem mesmo seu amigo mais próximo Teeteto.
E veremos as mais variadas formas de dialogo que Sócrates criou e o quanto elas são importantes para nossa vida em sociedade.O Poder do Diálogo

Diálogo em filosofia representa, primeiro em Sócrates, e depois em Platão, o processo de busca da verdade através de perguntas e respostas. Diálogos é de resto o nome da obra de Platão, em que cada diálogo tem o nome do seu principalinterlocutor.
Só o ser humano consegue dialogar, o que faz do diálogo uma característica própria e única do ser humano.
A capacidade de se dirigir e de responder ao outro, como igual, estabelecendo assim uma relação, e o comunicar com o outro através da linguagem permite o acesso ao pensamento e à representação. O diálogo é a troca de ideias e é onde se formam também algumas ideias.
O diálogopressupõe a reciprocidade existencial e esta pressupõe a diferença e a semelhança, já que é devido à diferença que se pode enriquecer com a comunicação. O diálogo alarga os horizontes da exigência do pensamento, pois para se responder e argumentar as ideias tem de se fazer uso do raciocínio. Os Diálogos de Platão mostram o processo de elaboração do pensamento, e a dialética não é mais do que a arte do...
tracking img