Diagrama

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4757 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Diagrama de Ishikawa
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
|[pic] |Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados | |
| |de confiabilidade duvidosa (desde janeiro de 2011). Se tem algum conhecimento sobre | |
| |o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.| |
| |Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto. | |

|[pic] |Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua | |
| |credibilidade (desde maio de 2010). | |
| |Por favor, melhore este artigo providenciando fontesfiáveis e independentes, | |
| |inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Google| |
| |— notícias, livros, acadêmico — Scirus. Veja como referenciar e citar as fontes. | |

|Índice |
|1 Utilização |
|2 Exemplos|
|3 Componentes |
|4 Razões e benefícios |
|4.1 Razões |
|4.2 Benefícios |
|5 Ver também |
|6Ligações externas |
| |

O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como "Diagrama de Causa e Efeito", "Diagrama Espinha-de-peixe" ou "Diagrama 6M" (ver abaixo), é uma ferramenta gráfica utilizada pela Administração para o gerenciamento e o Controle da Qualidade (CQ) em processos diversos demanipulação das fórmulas. Originalmente proposto pelo engenheiro químico Kaoru Ishikawa em 1943 e aperfeiçoado nos anos seguintes.
[pic]
[pic]
Exemplo de diagrama de Ishikawa.
Em sua estrutura, as causas dos problemas (efeitos) podem ser classificados como sendo de seis tipos diferentes (o que confere a esse diagrama o nome alternativo de "6M"):
• Método;
• Matéria-prima;
•Mão-de-obra;
• Máquinas;
• Medição;
• Meio ambiente.
O sistema permite estruturar hierarquicamente as causas potênciais de determinado problema ou oportunidade de melhoria, bem como seus efeitos sobre a qualidade dos produtos. Permite também estruturar qualquer sistema que necessite de resposta de forma gráfica e sintética (isto é, com melhor visualização).
O diagrama pode evoluir de umaestrutura hierárquica para um diagrama de relações, uma das sete ferramentas do Planejamento da Qualidade desenvolvidas por Ishikawa, que apresentam uma estrutura mais complexa e não hierárquica.
Ishikawa observou que, embora nem todos os problemas pudessem ser resolvidos por essas ferramentas, ao menos 95% poderiam ser, e que qualquer trabalhador fabril poderia efetivamente utilizá-las. Emboraalgumas dessas ferramentas já fossem conhecidas havia algum tempo, Ishikawa as organizou especificamente para aperfeiçoar o Controle de Qualidade Industrial nos anos 60.
Talvez o alcance maior dessas ferramentas tenha sido a instrução dos Círculos de Controle de Qualidade (CCQ). Seu sucesso surpreendeu a todos, especialmente quando foram exportados do Japão para o ocidente. Esse aspecto essencialdo Gerenciamento da Qualidade foi responsável por muitos dos acréscimos na qualidade dos produtos japoneses e, posteriormente, muitos dos produtos e serviços de classe mundial.
O Diagrama de Ishikawa pode também ser utilizado na verificação e validação de software.
[editar] Utilização
Não há limites para a utilização do diagrama de Ishikawa. As empresas que preferem ir além dos padrões...
tracking img