Diabetes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1599 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA
PRÓ-REITORIA ACADÊMICA
CURSO DE FARMÁCIA

DIABETES MELLITUS

Alunos: Emerson Werneck
Kizzy Alves
Kledson Barros
Raiza Raquel
Rosangela Soares
Marcelo José
Tayane Duarte

São Gonçalo, RJ.
2011.
Introdução

Esta pesquisa tem como objetivo esclarecer sobre o Diabetes Mellitus, umaenfermidade causada pelo aumento e/ou diminuição da quantidade de glicose no sangue. Para entender melhor o Diabetes, é preciso conhecer a função da glicose e da insulina no organismo. Veremos no texto a seguir.

Diabetes Mellitus

Fisiopatologia
O Diabetes Mellitus é uma disfunção causada pela deficiência total ou parcial de produção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas. Comoconsequência, a glicose não é apresentada adequadamente pelas células provocando sua elevação no sangue, ultrapassando as taxas normais (70-126 mg/dl).
A glicose é quem gera energia para o organismo funcionar, mas isso só ocorre se houver insulina. Portanto a função da insulina é garantir a entrada da glicose nas células. Quando o indivíduo se alimenta ingere-se vitaminas, proteínas, saisminerais e glicose (açúcar). Essa glicose é absorvida no intestino, entra na corrente sanguínea e com a ajuda da insulina, penetra nas células para produzir energia e assim garantir o funcionamento do organismo. Existem algumas formas ou tipos de Diabetes, sendo os mais conhecidos do tipo I e do tipo II, no entanto existem ainda outros tipos como a gestacional, o provocado pelo uso de algunsmedicamentos ou por doenças do pâncreas (tumores, etc.).
Tipos de Diabetes
Tipo I
É o tipo de diabetes onde ocorre a destruição das células do pâncreas que produzem insulina. Seu aparecimento se dá de forma abrupta em crianças, adolescente e adulta jovem. O início dos sintomas é súbito e sua evolução clínica é rápida, podendo levar ao coma hiperglicêmico em poucos dias. É o chamado diabetesinsulinodependente, pois requer o uso de insulina no seu tratamento. Representa aproximadamente 10% do total de quem tem diabetes.
Tipo II
É o tipo de diabetes mais comum. Neste, o pâncreas diminui a produção de insulina e/ou a insulina produzida não é bem utilizada pelo organismo. Ocorre geralmente em adultos, em pessoas com antecedentes familiares de diabetes, em pessoas com excesso de peso. Oinício dos sintomas é lento e podem passar despercebidos por longos períodos, dificultando seu diagnóstico e tratamento. É o chamado diabetes não-insulinodependente, na sua maioria tratado com comprimidos, embora possa também às vezes ser tratado com insulina. Representa 90% das pessoas que tem diabetes.
Diabetes Gestacional
Geralmente surge em mulheres grávidas que não eram diabéticas, ondeocorreu alteração da tolerância à glicose em graus diversos diagnosticado durante a gestação. Geralmente quando esta termina. Futuramente elas podem vir a desenvolver o Diabetes tipo II.
Outros
Outros tipos específicos de diabetes podem vir a constituírem situações raras de ocorrer e são causadas por defeitos genéticos funcionais das células Beta e na ação da insulina; doenças do pâncreas;endocrinopatias; induzidos por fármacos e agentes químicos; infecções; formas incomuns de imuno-mediado; síndromes genéticas associadas ao diabetes.

Sintomatologia
Boca seca (muita sede); Fome exagerada;Cansaço físico; Fraqueza; dores nas pernas;...
tracking img