Diabetes: o que os farmaceuticos podem fazer pelos pacientes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2433 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DIABETES: O QUE OS FARMACÊUTICOS PODEM FAZER PELOS PACIENTES?

DALVA LÚCIA DE OLIVEIRA ASSIS Estudante de Farmácia, Faculdade Pitágoras , 5º Período, Betim –Mg Autor responsável: ASSIS, D.L.O. E-mail: artupanpad@oi.com.br

INTRODUÇÃO O Diabete Mellitus (DM) é uma doença crônica que, a cada ano, acomete um maior número de pessoas com o agravante de que muitas delas não sabem que são portadoresda doença, podendo ser considerado um problema de saúde pública .Esta patologia caracteriza-se pela insuficiência relativa ou absoluta de insulina, com consequente intolerância a glicose.

No Brasil, há evidências de que 7,6% da população residente no meio urbano, que estão na faixa etária entre 30 e 69 anos de idade, apresentam DM. Deste percentual, 46% desconhecem que são portadores destadoença. O DM mais frequente é o tipo 2, tendo prevalência na população adulta brasileira, com uma estimativa que ocorra um aumento de mais de 100% até o ano de 2025, quando 11 milhões de pessoas poderão vir a ser portadoras de diabete.

Uma vez que os dados epidemiológicos apontam para um incremento no número de pessoas portadoras de DM tipo 2, é necessário que os profissionais, em especial, daárea de saúde, estejam atentos para a execução de ações concretas junto a esta população, tendo em

vista o afastamento dos fatores de risco que favorecem o aparecimento da doença assim como adoção de medidas que possibilitem a minimização das complicações decorrentes desta patologia. Nesta perspectiva são de suma importância as ações do farmacêutico desenvolvidas junto ao paciente portador dediabete e sua família, auxiliando-os diante das mudanças que podem ocorrer em suas vidas, ajudando-as a adaptarem-se, e na aprendizagem para o autocuidado. O farmacêutico deve atuar como educador na prevenção e propagação dos conhecimentos científicos e práticos que podem ser adotados pela pessoa com diabetes em seu cotidiano, a fim de auxiliá-lo na reorganização de sua conduta, hábitos e tendênciascomportamentais adquiridos .

OBJETIVO Esclarecer conceitos sobre diabetes e mostrar o lugar estratégico que o farmacêutico ocupa na detecção, prevenção e tratamento do diabetes.

RESUMO Quando Acontece Pode ocorrer quando o diagnóstico ainda não foi feito pelo médico: o indivíduo tem diabetes sem saber. Também é comum acometer o paciente já diagnosticado, quando não segue o tratamentoadequado, realizando abusos alimentares, levando vida sedentária, fazendo uso inadequado de medicamentos e ou insulinas, com comprometimentos psíquicos. É possível, ainda, surgir quando o paciente está envolvido em situações de estresse físico ou emocional e outras doenças. Fatores de Risco para Diabetes Tipo 2 O risco aumenta nos seguintes casos:    Obesidade. Familiar próximo com diabetes (pai, mãe,irmãos e filhos). Sedentarismo.



Mulheres que tiveram filhos, que nasceram com mais de quatro quilos-Hipertensão arterial.

  

Colesterol ou triglicérides alterados. Síndrome dos ovários policísticos ou acantose nigricante. Histórico de doença vascular.

SINTOMAS Todos os tipos de diabetes têm sintomas semelhantes porque em todas as formas da doença levam a um excesso de açúcar,ou glicose, no sangue. Isto se dá porque o organismo não consegue retirar a glicose do sangue e enviá-la para as células do corpo, que utilizam glicose para se manterem vivas. Principais Sintomas      Fome e sede excessivas; Desejo frequente de urinar; Sensação de cansaço na maior parte do tempo sem razão aparente; Visão embaçada; Perda excessiva de peso apesar da grande ingestão de alimento.CAUSAS    Hereditariedade. Fatores ambientais - infecções causadas por vírus. Gênero - é mais comum entre homens.

A principal causa do diabetes tipo 2 é a hereditariedade. Há também alguns fatores de risco

que estão ligados à doença, entre eles:      Vida sedentária. Pressão alta. Obesidade. Consumo excessivo de álcool. Dieta rica em gordura.

CLASSIFICAÇÃO A classificação...
tracking img