Diabetes gestacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3096 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
REVISTA PORTUGUESA DE ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLISMO | 2006 | 02

Artigos Breves 19 … 24

Diabetes gestacional: uma doença, duas gerações, vários problemas
Joana Queirós1, Ângela Magalhães2, José Luís Medina3
1 2 3

Interna Complementar de Endocrinologia do Hospital de S. João › Docente Voluntária da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Assistente Graduada deEndocrinologia do Hospital de S. João › Docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Director de Serviço de Endocrinologia do Hospital de S. João › Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Correspondência: Drª Joana Queirós › Serviço de Endocrinologia › Hospital de S. João › Porto. E-mail: joanaqueiros@net.sapo.pt

RESUMO A Diabetes Gestacional representaaproximadamente 90% de todas as gravidezes complicadas por Diabetes e está associada a complicações maternas e a um aumento de morbilidade e mortalidade fetais. No nosso país o rastreio deste tipo de Diabetes é universal. Apesar de todas as controvérsias no que se refere ao rastreio e diagnóstico da DG, existe um consenso sobre a necessidade de controlo glicémico apertado (com dieta e, eventualmente,insulinoterapia) para melhorar o prognóstico. O acompanhamento das grávidas deve ser efectuado por uma equipa multidisciplinar especificamente vocacionada e com experiência nesta patologia. A terapêutica da grávida com DG tem várias vertentes que incluem tanto medidas farmacológicas, como as relacionadas com a nutrição, educação e programação da actividade física. Às 6 a 8 semanas após o parto,deverá ser efectuada uma PTOG com 75 gr de glicose, para a reclassificação da DG. As mulheres com DG têm um risco de desenvolvimento futuro de DM tipo 2, superior em cerca de 50% ao da população em geral. PALAVRAS-CHAVE Diabetes gestacional; Dieta; Insulinoterapia.

SUMMARY Gestational Diabetes Mellitus (GMD) represents almost 90% of all pregnancies complicated by Diabetes, and is associated withmaternal complications and increased fetal morbidity and mortality. In Portugal, screening for GDM is performed in all pregnancies. In spite of all the controversies in screening and diagnosis criteria for GDM, tight glycemic control with medical nutrition therapy and insulin when necessary, are consensually regarded as improving prognostic. Follow-up in centres with multidisciplinary teamsexperienced in GDM, is also required. The treatment of GDM includes medical nutrition therapy, farmacotherapy, education and scheduled physical activity. The performance of an oral glucose tolerance test (OGTT) 6 weeks after childbirth is currently required in all women with GDM. These women bear a higher risk for the development of type 2 Diabetes, 50% higher than in the general population. KEY-WORDSGestational diabetes;

INTRODUÇÃO
A Diabetes Gestacional (DG) representa aproximadamente 90% de todas as gravidezes complicadas por Diabetes1.

Esta entidade, cuja importância reside fundamentalmente no facto de estar associada a complicações materno-fetais, está longe de ser rara. A sua prevalência varia marcadamente entre diferentes países, raças e grupos étnicos, sendo em Portugal cerca de2,81%2.
19

© 2006 – SOCIEDADE PORTUGUESA DE ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLISMO

Artigos Breves

J QUEIRÓS, A MAGALHÃES, JL MEDINA

REVISTA PORTUGUESA DE ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLISMO | 2006 | 02

A DG define-se como uma intolerância aos hidratos de carbono, de gravidade variável, que surge ou é diagnosticada pela primeira vez no decurso de uma gravidez. Esta definição éindependente da necessidade de tratamento com insulina. É igualmente possível que algumas mulheres com o diagnóstico de DG tenham diabetes mellitus tipo 1 ou 2 não reconhecida antes da gravidez3. A detecção da hiperglicemia durante o 1º trimestre é especialmente sugestiva deste facto, dado que a deterioração da tolerância à glicose por insulinorresistência ocorre mais tardiamente, sobretudo no 3º...
tracking img