Dia da mulher

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1204 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera – Uniderp
Centro de Educação à distância.
Curso de Serviço Social

Dia Internacional da Mulher – 8 de Março

São Luis - MA
2013

Luciane Lindoso Gonçalves – RA 424249
| |
Camilla Matos alves – RA
Taise Pereira Barros  RA: 413070.
Luzinete costa pereira – RA
Raimunda Nonata Trindade RA 421648
Helicia de kassia Guimaraes Ribeiro RA 418255

DiaInternacional da Mulher – 8 de Março

Dissertação apresentada à Universidade
Anhanguera- Uniderp Disciplina Família
e Sociedade do Curso de Serviço Social

Orientadora: Silvania Rodrigues

São Luis- MA
2013

1- INTRODUÇÃO:

O dia internacional da mulher simboliza a busca por equidade de gêneros pelos direitos e empoderamentos das mulheres. Pretende-se com este trabalho mostrar a luta por esses direitos e como essa data passou a ser marcante nos dias atuais como demonstrativos das desigualdades enfrentadas ainda nos dias atuais.

.

A ideia da existência de um dia internacionalda mulher surge na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial e da Primeira Guerra Mundial, quando ocorre a incorporação da mão de obra feminina, em massa, na indústria. As condições de trabalho, frequentemente insalubres e perigosas, eram motivo de frequentes protestos por parte dos trabalhadores.
O primeiro Dia Nacional da Mulher foi celebrado em maio de 1908 nos EstadosUnidos, quando cerca de 1500 mulheres aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, o Partido Socialista dos EUA oficializou a data como sendo 28 de fevereiro, com um protesto que reuniu mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York e culminou, em novembro de 1909, em uma longa greve têxtil que fechou quase 500 fabricas americanas.

A criação dodia internacional da mulher foi proposto em 1910 no II congresso internacional de mulheres socialista, pela alemã Clara Zetkin. Não se definiu naquele congresso um dia especifico. É certo que a data está ligada ao movimento sindical feminino, mas as razões de escolha do dia 08 de março foi associado a um incêndio em Nova York no qual morreu dezenas de operárias grevistas, pois no dia 08 de marçode 1857 operarias de uma fabrica de tecidos situada na cidade norte americana fizeram uma grande greve. Ocuparam a fabrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fabricas exigiam 16 horas de trabalho diário) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. Asmulheres foram trancadas dentro da fabrica que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas num ato total desumano.
Com a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) eclodiram ainda mais protestos em todo o mundo. Mas foi em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro no calendário Juliano, adotado pela Rússia até então), quando aproximadamente 90 mil operárias manifestaram-se contra o CzarNicolau II, as más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra - em um protesto conhecido como "Pão e Paz" - que a data consagrou-se, embora tenha sido oficializada como Dia Internacional da Mulher, apenas em 1921
Naquela época as mulheres sofriam com a discriminação. Não eram todos os cursos universitários, por exemplo, que permitiam mulheres. Em 1882 Rita Lobato Velho Lopesfoi a primeira mulher brasileira a ingressar na escola de medicina do Rio de janeiro, em 1870 Francesas e Suecas tiveram o acesso ao estudo da medicina.
O direito ao voto é outra conquista que levou algum tempo para ocorrer. Foi em 1920 nos Estados Unidos que as mulheres de todos os Estados Americanos votaram pela primeira vez. No Brasil só em 1931 uma lei eleitoral deu a mulher o direito de...
tracking img