Determinismoxliberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6081 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Determinismo x Liberdade


Na madrugada do dia 20 de Abril de 1997 o índio Galdino Jesus dos Santos, líder Pataxó, foi queimado vivo enquanto dormia num ponto de ônibus em Brasília. Ele e mais algumas lideranças indígenas haviam ido à Brasília para participar das manifestações do dia do Índio. Os autores do crime foram 4 jovens e 1 menor. Depois de jogarem álcool atearam fogo enquanto o índiodormia. Galdino não conseguiu sobreviver às queimaduras e faleceu. O caso começou a ganhar repercussão nacional: os jovens só foram descobertos porque uma testemunha identificou a placa do carro. Todos os envolvidos eram de classe média-alta. Em sua defesa os jovens alegaram que só queriam “dar um susto” no índio e que queriam “brincar”. Eles também alegaram que achavam tratar-se de um“mendigo”.

Fonte: http://www.google.com.br/search


“A presença dos índios no território brasileiro é muito anterior ao processo de ocupação estabelecido pelos exploradores europeus que aportaram em nossas terras. Segundo os dados presentes em algumas estimativas, a população indígena brasileira variava entre três e cinco milhões de habitantes. Entre essa vasta população observamos o desenvolvimentode civilizações heterogêneas entre as quais podemos citar os xavantes, caraíbas, tupis, jês e guaranis.” ( Fonte pesquisada: http://www.brasilescola.com/historiab/indios-brasil.htm)


Agora que você conhece um pouquinho sobre a população indígena, pense comigo: se você fosse um juiz e devesse dar o veredito a respeito do caso do índio Galdino, você condenaria os jovens? Eles foram plenamenteresponsáveis por seus atos? E quanto ao menor de idade? Ele merece ser condenado da mesma maneira que os demais e sofrer as mesmas conseqüências que os seus colegas? O que isso tem a ver com minha vida?


Quando falamos em liberdade, tratamos de um conceito muito próximo a todos nós. Estes jovens eram livres? E o que dizer do índio Galdino? Até que ponto somos livres para escolhermos nossosatos? Ou, até que ponto nossos atos são determinados por nossa sociedade? Talvez façamos este tipo de pergunta várias vezes que lemos um jornal ou assistimos TV e, acredite, são grande questões filosóficas.


O que vêm à sua cabeça quando você pensa em liberdade? Deixe-me ajudar com algumas respostas que possam vir à sua cabeça:


Liberdade é poder ir e vir sem impedimento
É poder escolhero que eu quero
É não depender dos demais...

Fonte: www.google.com.br/imgres


Se você pensou algo semelhante a alguma destas respostas, ótimo. Contudo, será que preciso destas prerrogativas para me sentir livre? Eu preciso me sentir livre para, de fato, ser? Olha o caso da China. Na China atual os casais tem um numero controlado de filhos que é determinado pelo governo. Esta medida ficouconhecida como política do filho único. Talvez pareça um tanto chocante, para nossa realidade, imaginar que o governo vai dizer quantos filhos você pode ter, mas esta questão não é brincadeira na China que já ultrapassou a marca de 1 bilhão e 300 milhões de habitantes. Mas não são apenas os filhos que são limitados. Com uma população tão grande, é natural que o numero de carros que rodam nasruas são limitados, a quantidade de moradores em certos lugares é limitado, a comida que se come é limitada, as vagas nas universidades são limitadas...


Com tantas coisas sendo limitadas a primeira pergunta que me vêm à mente é: o chinês é livre? O que você acha? E quanto a nós? Existem limitações no nosso contexto também. Somos livres para escolher o destino da nossa vida?



Fonte:www.google.com.br/imgres


Fonte: Determinismo... (2008)


Saiba mais:
Existem dois grandes sentidos para a palavra liberdade:


• Liberdade como ausência de condições e de limites.
• Liberdade como possibilidade ou escolha, segundo a qual a liberdade é limitada e condicionada, isto é,finita (DICIONÁRIO..., ano , p.699)


A discussão sobre liberdade já foi tema de intensos debates...
tracking img