Determinação de compostos de principios da termodi.

Páginas: 6 (1273 palavras) Publicado: 23 de abril de 2011
Universidade Estadual de Goiás – UEG
Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas – UnUCET
Laboratório de Química Inorgânica Experimental II

[pic]

Parte 1 - Determinação da Composição de um complexo
Parte 2 - Princípios da Termodinâmica envolvidos na
Química Inorgânica
Orientadora: Profa. Msc. Eliete LuciaDisciplina: Química inorgânica experimental II

Acadêmico: Welvis Furtado da Silva

Anápolis-GO, 08 de abril de 2011
ÍNDICE

|I - |INTRODUÇÃO........................................................................................................... |02 |
|II -|OBJETIVO..................................................................................................................|03 |
| |. | |
|III - |MATERIAIS E EQUIPAMENTOS............................................................................ |03 |
|IV - |REAGENTES ESOLUÇÕES...................................................................................... |03 |
|V - |PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL....................................................................... |03 |
|VI - |RESULTADOS, DISCUSSÕES, EQUAÇÕES ENVOLVIDAS E CÁLCULOS DA MOLARIDADE RESULTANTE DA | 04 |
||TITULAÇÃO........................................... | |
|VII - |CONCLUSÃO.............................................................................................................. |05 |
|VIII - |REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS......................................................................... |06|

I - INTRODUÇÃO

Na química, as reações coloridas que acontecem quando misturamos certas soluções são apaixonantes. Muitas pessoas se encantam com a química desde criança quando ganham de presente um kit com soluções coloridas e receitas para misturar conteúdos de frascos numerados; como num passe de mágica, ocorrem mudanças, aparecem e desaparecem cores como um verdadeiroarco-íris químico. Em química, quando falamos de cores, devemos pensar nos elementos de transição externa. Muitos deles formam soluções que por si só já são coloridas e nos permitem identificar, de imediato, qual é o elemento ou até mesmo qual é substância presente naquela determinada solução.
Reações não espontâneas podem ser forçadas a ocorrer por acoplamento cinético com outras que sãoespontâneas. Tais sistemas são de grande importância em organismos vivos, onde a força que induz reações não espontâneas é fornecida pelo processo de respiração. Um exemplo inorgânico destes processos é dado pela oxidação de Co(II) a Co(III) por peróxido de hidrogênio, que não é uma reação termodinamicamente favorável, uma vez que o potencial de oxidação do par Co(II)/Co(III) é maior do que o potencialdo agente oxidante (H2O2).

[pic]

[2] Figura 1: Demonstração do valor da DDP para que o composto seja estável.

II – OBJETIVO
• Parte 1 - Determinar a composição de um complexo através da titulação de uma amostra contendo o cátion metálico com uma solução padronizada de amônia.
• Parte 2 - Demonstrar a influência dos ligantes e o acoplamento cinético de uma reação de oxidação.III - MATERIAIS E EQUIPAMENTOS

|Parte 1 |Parte 2 |
|Bureta 50 ml; |Erlenmeyer 250 ml; |
|Suportte universal; |Espátula;...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Determinação e classificação de compostos
  • O PRINCIPIO DA AUTO DETERMINACAO
  • Determinação de constantes físicas de compostos orgânicos
  • Determinação do teor de umidade em um composto químico
  • DETERMINAÇÃO DO PONTO DE FUSÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS
  • Determinação das constantes físicas de compostos orgânicos
  • DETERMINAÇÃO DE CONSTANTES FÍSICAS EM COMPOSTOS ORGÂNICOS
  • DETERMINAÇÃO DAS CONSTANTES FÍSICAS DE COMPOSTOS ORGÂNICOS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!