Determinação da quantidade de alcaloides em folhas de jaborandi ( pilocarpus sp )

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3166 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Determinação da quantidade de alcalóides em folhas de jaborandi ( Pilocarpus spp.)

Quantitative determination of alkaloids in leaves of jaborandi (Pilocarpus spp.)

Resumo
O Pilocarpus spp, mais conhecido como jaborandi , é a única fonte do alcalóide pilocarpina, amplamente utilizado pela industria farmacêutica e cosmética. Porém sua eficácia se torna questionável, visto que tais produtossão vendidos por estabelecimentos não autorizados que vendem as ervas sem análises prévias para confirmar sua eficiência terapêutica.O estudo visa determinar a quantidade de alcalóides encontrados em amostras compradas aleatoriamente em farmácias de manipulação, casas de ervas e vendedores ambulantes. A pesquisa foi realizada em laboratório e para determinar a quantidade de alcalóides foram feitasextrações e purificações, e em seguida as amostras foram lidas através do espectrofotômetro para se obter a absorbância. O resultado obtido comprovou que a espécie P. microphyllus apresenta maior concentração do alcalóide em relação à espécie P. pennatifolius. O presente trabalho demonstra a importância de mais experimentos a fim de tornar segura a utilização dos produtos de origem natural,garantindo o resultado desejado e a ausência de riscos à saúde dos consumidores.
Palavras-chave: jaborandi, pilocarpina, extração, quantidade, procedência

Abstract
The Pilocarpus spp, better known as jaborandi, is the only source of the alkaloid pilocarpine, widely used by pharmaceutical and cosmetic industry. But their effectiveness is questionable since such productsare sold through unauthorized outlets that sell herbs without a previous analysis to confirm its efficiency terapeutics. The study aims to determine the amount of alkaloids found in samples randomly purchased from pharmacies, homes herbs and street vendors. The survey was conducted in the laboratory and to determine the amount of alkaloids were extractions and purifications, and then the sampleswere read by a spectrophotometer to obtain the absorbance. The result proved that the species P. microphyllus has a higher concentration of alkali in relation to the species P. pennatifolius. This work demonstrates the importance of further experiments in order to secure the use of natural products, ensuring the desired outcome and absence of risks to consumer health.
Keywords: jaborandi,pilocarpine, extraction, quantity, origin


Introdução


O conhecimento sobre as plantas sempre tem acompanhado a evolução do homem através dos tempos.
Desde a pré-história o homem procurou aproveitar os princípios ativos encontrados nos vegetais, embora de modo totalmente empírico ou totalmente intuitivo, baseado em
descobertas ao acaso. Isso pode ser observado em povos ainda em estágiomuito primitivo, isolados em grau de cultura correspondente à Idade da Pedra. Em todas as partes do mundo estão sendo reativadas as pesquisas sobre produtos de origem natural. Há uma demanda cada vez maior de novas fontes naturais de nutrientes
e medicamentos1.
Planta medicinal é aquela que exerce uma ação farmacológica quando administrada de alguma forma ao homem ou a animais, devido à presençade princípios ativos. Muitas destas plantas medicinais devem sua ação farmacológica a princípios ativos conhecidos, que são amplamente utilizados pela indústria farmacêutica2 .
Plantas de várias famílias já foram classificadas sob o nome jaborandi, principalmente aquelas que apresentam propriedades fisiológicas semelhantes, como algumas espécies de Piper (Piperaceae), Verbena (Verbenaceae) eHerpestis (=Bacopa, Scrophulariaceae), e até mesmo algumas outras espécies de Rutaceae como os gêneros Esenbeckia, Zanthoxylum e Monnieria3,4 . Por serem muito parecidas, as plantas da família das Piperáceas são conhecidas como jaborandi-falso. Estas plantas também apresentam propriedades medicinais, que atualmente são exploradas apenas pela medicina popular. Tais arbustos crescem no Rio de Janeiro...
tracking img