Despersonalização

Páginas: 16 (3942 palavras) Publicado: 6 de abril de 2011
1
Estados Gerais da Psicanálise: Segundo Encontro Mundial, Rio de Janeiro 2003

“Eu fica fora de mim ” : algumas questões relativas à despersonalização.
Paula Patricia Serra Nabas Francisquetti

Resumo:
trata-se da despersonalização sobretudo na melancolia,e o contemporâneo.

Fora de si Eu fico louco Eu fico fora de si Eu fica assim Eu fica fora de mim Eu fico um pouco Depois eu saiodaqui Eu vai embora Eu fico fora de si Eu fico oco Eu fica bem assim Eu fico sem ninguém em mim Arnaldo Antunes

As vivências de estranhamento, de desrealização, de despersonalização, de perda de si, daquilo que se acreditava ser, são muitas vezes assustadoras. Elas têm intrigado os psicanalistas desde Freud, que nos relata uma experiência pessoal de estranhamento e desrealização na linda carta queenvia a Romain Rolland, em 1936, onde descreve seu transtorno na Acrópole. Alguns psicanalistas relacionam momentos de despersonalização com a psicose. Nasio, por exemplo, no livro Um psicanalista no divã comenta que para ele um esboço de despersonalização é um primeiro passo em direção a um diagnóstico de esquizofrenia embrionária. Para ele, um indício seria o

2 paciente lhe dizer: “Sim,algumas vezes olho minha mão e a sinto estranha a mim”.1 Considero que a associação com a psicose não deve ser descartada, mas é importante considerar outros aspectos. Sabemos, desde Freud, que essas vivências de estranheza, como a desrealização e a despersonalização, podem estar presentes nas diferentes estruturas clínicas (neurose, psicose, perversão, problemáticas narcísicas). Ele próprio descreveuma vivência de desrealização na carta citada acima. Neste texto privilegiamos a despersonalização na melancolia. Sabemos, no entanto, que os fenômenos da estranheza podem aparecer em outros contextos. Pergunto-me se na adolescência, momento de recomposição narcísica e identificatória, de profundas transformações corporais e psíquicas, não haveria maior vulnerabilidade a episódios dedespersonalização.

Um impasse narcísico Na Acrópole, em companhia de seu irmão, Freud tem um estranho pensamento. Ele se surpreende com a existência da Acrópole tal como havia estudado na escola, e por momentos duvida da existência da mesma, apesar das provas em contrário. Na carta de 1936, Freud se pergunta como podemos rechaçar algo da realidade que nos dá prazer (no caso dele a viagem à Atenas com oirmão). Mas não era tudo só prazer, era difícil para Freud estar diante da realidade que era de ir mais longe que seu pai; seria lícito desejar ultrapassar o pai?

1

Nasio, J.D. Um Psicanalista no Divã. Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro p. 27.

3 As vivências de estranheza são descritas por Freud como sensações, processos complexos vinculados com determinados conteúdos e relacionados comdecisões relativas a esses conteúdos. Ele diz que essas sensações podem ser experimentadas de duas maneiras: “ora uma parte da realidade nos parece estranha, ora uma parte de nosso próprio ego”2. Quando é a realidade que parece estranha trata-se de uma desrealização; quando é o próprio ego que parece estranho, Freud fala em despersonalização. Os fenômenos da estranheza são correlatos a um processo dedefesa. Mas qual mecanismo de defesa estaria em jogo? Outra característica dos estados de estranheza, para Freud, seria sua dependência, sua relação para com o passado. E no contexto metapsicológico é às instâncias parentais que esses fenômenos nos levarão. Para Penot a vivência de estranhamento de Freud na Acrópole e a rejeição a realidade que isso esboçou estariam relacionadas à necessidadenarcísica de manter sua obediência ao representante paterno.Trata-se de um impasse narcísico. “Dizer não à Acrópole e ao helenismo teria constituído, para Freud, uma amputação catastrófica de seu capital cultural e até mesmo espiritual; enquanto que também lhe tinha sido impossível à adesão ao êxtase e elevação, porque teria implicado a renegação de alguma coisa insubstituível do lado de seu...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Despersonalização
  • Personalização e Despersonalização
  • Sitomas de despersonalização em ambientes ludicos
  • DESPERSONALIZAÇÃO DA PESSOA JURÍDICA
  • Direito Civil Despersonalização
  • Desconsideração ou Despersonalização da personalidade jurídica
  • DESPERSONALIZAÇÃO DA PESSOA JURIDICA
  • A despersonalização do ser humano

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!