Desmonte de rocha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9513 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO – UFRJ
CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICA E DA NATUREZA
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIA E VALORIZAÇÃO EM
ROCHAS ORNAMENTAIS

RICARDO GALLART DE MENEZES

ORIENTADOR:
Prof. Dr. Edson Frias Mello

TECNOLOGIAS DE LAVRA EM MACIÇOS ROCHOSOS

RIO DE JANEIRO, AGOSTO DE 2005

RICARDO GALLART DEMENEZES

ORIENTADOR:
Prof. Dr. Edson Farias Mello

TECNOLOGIAS DE LAVRA EM MACIÇOS ROCHOSOS

Monografia apresentada ao curso de
Especialização
em
Tecnologia
e
Valorização em Rochas Ornamentais do
Departamento de Geologia da UFRJ
como requisito parcial para aprovação.

RIO DE JANEIRO, AGOSTO DE 2005

SUMÁRIO
RESUMO
1. INTRODUÇÃO

5

2. METODOLOGIAS DE LAVRA

6

2.1. Lavrapor Bancada

9

2.1.1. Bancadas Baixas

10

2.1.2. Bancadas Altas

12

2.2. Lavra por Painéis Verticais

13

2.3. Lavra por Desabamentos (Capeados)

14

2.4. Lavra Seletiva

16

2.5. Lavra Subterrânea

17

3. TECNOLOGIAS DE EXTRAÇÃO (CORTE)
3.1. Tecnologias de Corte Contínuo

18
20

3.1.1. Fio Helicoidal

20

3.1.2. Flame Jet (Chama Térmica)

22

3.1.3.Fio Diamantado

25

3.2. Tecnologias Cíclicas (Em Costura)

31

3.2.1. Perfuração Contínua

32

3.2.2. Perfuração Descontínua com uso de Explosivos

35

3.2.3. Perfuração Descontínua com abertura por Cunhas Mecânicas

39

3.2.4. Perfuração Descontínua com abertura através de Argamassa
Expansiva

41

4. CONCLUSÕES

44

5. BIBLIOGRAFIA

45

RESUMO

O presentetrabalho reúne informações referentes às tecnologias de lavra
usuais em maciços rochosos no Brasil, especificamente as técnicas responsáveis
pelo desenvolvimento da geometria para exploração das jazidas, os métodos de
lavra, e as tecnologias de extração, que permitem o corte e o arranque de volumes
primários e secundários de rochas e o esquadrejamento de blocos.
Os métodos de lavra no Brasil, emsua quase totalidade, são desenvolvidos a
céu aberto, sendo conhecido um único caso em subsuperfície.
Os desmontes de rocha a céu aberto podem se dar mediante lavras em
bancadas (altas e baixas), por desmoronamentos (capeados), de forma seletiva, e
por painéis verticais. No processo de lavras subterrâneas o método é por galerias e
pilares, aproveitando-se de planos estruturais da rocha.
Notocante as tecnologias de extração, elas envolvem perfurações, atrito,
aplicação de agentes expansivos e chamas, usualmente utilizados de forma
combinada. Do ponto de vista operacional, são divididos em duas categorias, as
técnicas de corte contínuo e as técnicas cíclicas (cortes em costura).
As técnicas de corte contínuo são embasadas fundamentalmente em uma
única operação de corte, dispensandoo uso de técnicas combinadas
complementares, alternadas ou não, para finalização do talho. Seus métodos de
corte se baseiam no uso do fio helicoidal, do fio diamantado e do flame jet
(maçarico).
As técnicas cíclicas, por sua vez, envolvem principalmente perfurações, que
podem ser contínuas e descontínuas, estas últimas consorciadas a explosivos, a
cunhas mecânicas e a agentes expansivos,como argamassas.
Atualmente, a maioria das lavras no Brasil ainda utiliza técnicas tradicionais,
como o flame jet e perfurações com cunhas e explosivos, devido principalmente a
seus baixos custos, versatilidade e fácil manejo operacional, a despeito dos seus
vários inconvenientes.
Entretanto, fatores como a menor produtividade e qualidade inferior das faces
de corte, ou, como no caso dosexplosivos e maçarico, problemas também
relacionados a integridade físico-mecânica das rochas acarretando grande
quantidade de rejeitos, com reflexos negativos para o meio físico, têm motivado uma
progressiva tendência de sua substituição por métodos com melhor relação custo X
benefício , que refletem maior taxa de recuperação e qualificação dos produtos, além
de impacto mínimo à paisagem e a...
tracking img