Desmontando a ditadura: o governo de ernesto geisel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal do Espírito Santo
Programa de Pós – Graduação em História

Mestrado em História Social das Relações Políticas

Disciplina: História dos Partidos Políticos

Prof. Dr. Pedro Ernesto Fagundes













Desmontando a Ditadura: o governo de Ernesto Geisel







Bruno Sobroza Duarte*















Licenciado em História, Pós Graduado em História Moderna e Contemporânea e emGestão Escolar. Aluno especial do Mestrado em História Social das Relações Políticas da UFES.

1 – Introdução


O presente artigo apresenta uma postura diferenciada sobre o Presidente Ernesto Geisel. Não se limita em apresentá-lo como político, como comumente ocorre em obras didáticas e em textos acadêmicos. O objetivo deste artigo é abordar características não só do Geisel político, como tambémdo Geisel homem. Busca-se aqui abordar uma nova visão do Golpe de 64 e da política de distenção, especialmente sob a ótica do próprio Ernesto Geisel. Tais objetivos são perseguidos por meio da análise da obra/entrevista dos autores Maria Celina D’Araujo e Celso Castro (1997) e da obra de Lúcia Grinberg (2009).



2 - Geisel: O Político

Aqui trataremos sobre a postura política de ErnestoGeisel. Sua vida política teve início logo após a Revolução de 1930. Neste período recebeu ordens do exército para encaminhar ao Nordeste Brasileiro, especificamente para o estado da Paraíba, sua bateria de Artilharia com o objetivo de reforçar a guarnição militar daquela região. Foi a primeira vez que viajou para o Nordeste e onde observou as grandes diferenças regionais brasileiras.
NaParaíba foi designado, pelo Interventor Antenor Navarro, membro do Conselho Consultivo da Paraíba, o que se deu através de decreto assinado por Getúlio Vargas e referendado por Osvaldo Aranha. Tal órgão substituía o poder legislativo inexistente nos estados até aquele momento. Nessa época, Geisel, se enfronhou em muitas coisas sobre a Paraíba e sua administração, tornando-se também Secretário da Fazendano governo do Interventor Gratuliano de Brito (PB) no período de 1932 a 1935. Segundo Geisel, a Paraíba foi uma “escola de governo”.
Após 1935 voltou para o Rio de Janeiro onde retomou sua vida militar. Mesmo longe do governo, teve muitas influencias nas decisões políticas daquele período histórico como no combate a Aliança Nacional Libertadora e a Intentona Comunista de 1935 e no apoio àimplantação do Estado Novo em 1937. Para Geisel, o Estado Novo foi positivo, pois pacificaria os movimentos rebeldes existente no Brasil a partir de um Estado forte.
No início do Governo Dutra, Geisel assumiu a Secretaria Geral do Conselho de Segurança Nacional (CSN). Este era um órgão de assessoramento do Presidente da República nos assuntos relacionados à segurança nacional.
SegundoGeisel, Dutra foi um governante que manteve a tranqüilidade dentro do país, porém passível de muitas críticas.


(...) Teve atitudes positivas, fechou o Partido Comunista, mas seu governo foi relativamente medíocre. Era o governo da legalidade, daquela história que se conta, que o Dutra sempre consultava o “livrinho” da constituição (D’ARAÚJO; CASTRO, 1997, p. 99).


Com aposse de Café Filho, devido ao suicídio de Vargas ocorrido em 1954, Geisel tomou posse do gabinete militar participando da transição desse governo, ficando no cargo até a posse de Juscelino Kubitschek, período em que retornou ao Rio de Janeiro, pois afirmava que sua função política havia terminado ali. Porém através de pesquisas realizadas por Maria Celina de Araújo e Celso Castro tornou-se claraa incompatibilidade de idéias existentes entre o então presidente e o militar Ernesto Geisel.
Com relação ao governo de Juscelino Kubitschek, afirmava Geisel:


“Seu governo realizou muita coisa positiva mas também criou problemas muito sérios. Fui contra, e ainda acho que foi um erro, a construção da capital em Brasília. Os surtos inflacionários que o Brasil está...
tracking img