Desigualdade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1406 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO
A desigualdade social se resume, em muitos com pouco e poucos com muito; ela acontece quando a distribuição é feita de maneira inadequada, portanto, injusta, sendo que enquanto a maior parte do dinheiro fica com a minoria, a maioria sofre com a divisão salarial. A desigualdade presente no Brasil é uma das maiores do mundo, todo dia vemos ou ouvimos falar, e um fato decorrente dessadesigualdade é o trabalho infantil, onde muitas vezes é a solução para muitas famílias conseguirem o que comer. Neste trabalho será abordado alguns pontos sobre esse tema.

2 DESIGUALDADE SOCIAL
A atual questão social refere-se à ampliação do trabalho na sociedade capitalista começando pela degradação do trabalho, a perda e o desaparecimento de muitas categorias e postos de trabalho, e issoocorre quando o estado passa a se retirar do campo social com cortes, privatizações e etc.
A questão social é muito vinculada com a desigualdade social, e essas questões acabaram propiciando a criação do Terceiro Setor na sociedade, a fim de fazer programas e projetos para auxiliar os necessitados e também auxiliar nos pedidos por mudanças na política. Um profissional que lida diretamente com asquestões sociais é o Assistente Social, que trabalha nesta tensão entre produção da desigualdade e produção da rebeldia e da resistência.
A gravidade do quadro de pobreza e miséria, no Brasil, constitui permanentemente preocupação e obriga a refletir sobre suas influências no social e, principalmente, na área de atuação junto da família, na qual as políticas publicas ainda se ressentem de uma açãomais expressiva. O termo exclusão social tem sentido temporal e espacial: um grupo social está excluído segundo determinado espaço geográfico ou em relação à estrutura e conjuntura econômica e social do país a que pertence.
Os elevados níveis de pobreza que afligem a sociedade encontram seu principal determinante na estrutura da desigualdade brasileira – uma perversa desigualdade na distribuiçãoda renda e das oportunidades de inclusão econômica e social. A renda média brasileira é seis vezes maior que o valor definido como linha de indigência, ou seja, se a renda brasileira fosse igualmente distribuída, estaria garantido a cada pessoa seis vezes aquilo de que necessita para se alimentar (Barros et al, 2000a).


A questão social pode ser definida como: O conjunto das expressões dasdesigualdades da sociedade capitalista madura, que têm uma raiz comum: a produção social é cada vez mais coletiva, o trabalho torna-se mais amplamente social, enquanto a apropriação dos seus frutos se matem privada, monopolizada por ua parte da sociedade. Iamamoto (1999, p. 27)

2.1 TRABALHO INFANTIL
O Trabalho infantil, em geral, é proibido por lei. Especificamente, as formas mais nocivas oucruéis de trabalho infantil não apenas são proibidas, mas também constituem crime.
A exploração do trabalho infantil é comum em países subdesenvolvidos, e países emergentes como no Brasil, onde nas regiões mais pobres este trabalho é bastante comum. Na maioria das vezes isto ocorre devido à necessidade de ajudar financeiramente a família. Muitas destas famílias são geralmente de pessoas pobres quepossuem muitos filhos.
Apesar de existir legislações que proíbam oficialmente este tipo de trabalho, é comum nas grandes cidades brasileiras a presença de menores em cruzamentos de vias de grande tráfego, vendendo bens de pequeno valor monetário.
Apesar de os pais serem oficialmente responsáveis pelos filhos, não é hábito dos juízes puni-los. A ação da justiça aplica-se mais a quem contratamenores, mesmo assim as penas não chegam a ser aplicadas.
Especialistas consideram a pobreza, a má distribuição de renda, a falta de um sistema de educação mais abrangente e a ausência de instrumentos legais e de programas integrados para o combate do trabalho como grandes empecilhos para a erradicação da utilização da mão de obra de meninos e meninas no Brasil.


2.1.1 CASOS DE TRABALHO INFANTIL...
tracking img