Desenvolvimento e julgamento moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1355 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Desenvolvimento do julgamento moral
Apresentação Da Pesquisa
A mentalidade infantil é diferente do adulto, em vários aspectos, e dependendo da realidade de cada um.
A criança se torna um ser social conforme o decorrer de sua existência e no meio em que vive através do seu conhecimento, inteligência e personalidade. O controle das crianças tem limite elas podem conformar-se nocomportamento, mas os sentimentos e crenças não podem ser facilmente controlados. À medida que as crianças crescem o comportamento muda, sendo que as regras sociais e morais construídas pelas próprias crianças estão enraizadas em suas experiências pessoais no seu dia-dia.
Durante o século xx, são várias as teorias psicológicas que se fizeram presentes no meio da educação. Nessa área aeducação e a psicologia, a poucos Jean Piaget foi se consolidando como um dos nomes mais solicitados, sua presença tem sido muito marcante no meio educacional nas escolas, no país e no mundo. A significativa presença desse estudioso em nosso meio é oportuna e necessária. E sua pesquisa Piaget ressaltava que as crianças podem raciocinar e concentrar-se em suas próprias experiências e que vão à busca deseus próprios interesses.
Os jogos infantis foram estudados por ele para construir a observação do comportamento da criança, onde eles aprendem a respeitar regras que são transmitidos de geração em geração, Piaget dedicou sua vida a questões como é possível alcançar o conhecimento. Em seus clássicos o julgamento moral da criança identifica estágios da evolução da prática e das atitudes.Nossa pesquisa foi realizada entre vizinhos e parentes.
Histórias e os Dados Coletados
a) Julgamento moral sobre danos materiais:
História um:
Dano material acidental:
Joãozinho estava jogando bola com seus amigos no quintal de sua casa, e sem quere a bola acertou a janela e quebrou o vidro.
História dois:
Dano material intencional:
Um menino estava passando pela casa de Joãozinho e pegouuma pedra e atirou na janela e o vidro trincou.
Perguntas:
Você acha que os dois meninos erraram?
Quem é o mais culpado? Por quê?
b) Julgamento moral sobre mentira:
História um:
Mentira com prejuízo de outras pessoas (desejo de enganar)
Mariazinha mentiu para sua mãe. Disse que estava com dor de barriga só para não ir à escola, pois tinha que apresentar um trabalho.História dois:
Mentira sem prejuízo de outras pessoas (não há desejo de enganar)
Pedrinho contou para sua mãe que pescou um peixe de trinta quilos.
Perguntas?
Você acha que os dois mentiram ?
Qual foi a pior mentira? De Mariazinha ou de Pedrinho? Por quê?
c) Julgamento moral sobre roubo:
História um:
Roubo com motivação egoística (tirar do outro para si)
Um menino estava em frente a umaloja de brinquedos e quando estavam todos distraídos, ele roubou um carrinho.
História dois:
Roubo com motivação altruísta (tira de alguém para ajudar outro alguém)
Certo dia Carlinhos estava brincando com seus amigos em frente a uma loja de brinquedos, e percebeu que uma mulher com duas crianças estavam se aproximando e chamou-lhe a atenção quando viu que um dos meninos choravadesesperado, e ouviu-o ele pedir a sua mãe um carrinho que estava na vitrine da loja, porem sua mãe dizia que não tinha dinheiro para comprar, ele ficou com pena do menino e sem ninguém perceber entrou na loja e roubou o carrinho para dar a criança.
Perguntas:
Você acha que o Menino da história1 e Carlinhos da história dois roubaram?
Qual foi o roubo mais errado? Por quê?
Apresentação dos dadoscoletados:
Síntese das respostas das quatro crianças:
a) Julgamento moral sobre danos materiais
F.. de cinco anos respondeu :
- Não quem errou foi só o segundo porque ele queria quebrar o vidro da casa de Joãozinho.
J... de cinco anos respondeu :
- O primeiro não teve culpa foi sem quere, e o segundo quis fazer aquilo por maldade.
R... de dez anos respondeu:
- O primeiro merece ser...
tracking img