Desenvolvimento e brincadeiras de 0 a 5 anos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de 0 a 5 anos e 11 meses

Objetivo:

Um brinquedo educativo é capaz de aperfeiçoar a coordenação motora, estimular a fala e a inteligência das crianças. Os brinquedos educativos ajudam a desenvolver habilidades gerais - como a linguagem, e contribuem para a socialização através do simples contato com o brinquedo educativo.
Além disto, os brinquedos educativos ajudam naidentificação de objetos, animais, pessoas, formas, lugares, letras, números, sons e outros itens de seu cotidiano.
É possível que as crianças construam seus próprios brinquedos a partir de matérias reciclados. Além de estimular a criatividade, favorece o meio-ambiente e possibilita a conscientização.
Outro aspecto relevante foi a consolidação de um espaço pensado especificamente para os brinquedos e aatividade do brincar, a brinquedoteca. Neste sentido, o espaço para brinquedo também foi se ampliando, mas cabe lembrar que não é só o espaço em si, é preciso ter cuidado ao selecionar o brinquedo ou jogo educativo oferecido ou confeccionado para cada faixa etária. Com base nas habilidades que a criança apresenta com o tempo, os professores e educadores podem ajudar no seu desenvolvimento.Fases do Desenvolvimento:
Do nascimento até o primeiro mês: O bebê ainda não consegue segurar objetos intencionalmente. Só por reflexos. Nesta fase é importante estimular os sentidos cantando, abraçando e acariciando o bebê. Exagere nas fisionomias bem próximo ao rosto da criança. Demonstre alegria e satisfação.
Do Primeiro aoSegundo Mês: a criança segue objetos com os olhos, esboça sorriso, começa a balbuciar, reconhece a voz da mãe e a procura.
O que o instrutor deve fazer: instalar móbiles no berço e nas salas para que o bebê possa acompanhar seus movimentos e principalmente os sons.A função é trabalhar a discriminação auditiva.




O Terceiro Mês: A criança descobre as mãos e as leva à boca, movimentabraços e pernas de forma simultânea.
O que o instrutor deve fazer: deixar a criança levar a mão à boca. Assim ela se interessará em pegar objetos. Ofereça mordedores e outros instrumentos de cores vibrantes,




Do Quarto ao Quinto mês: a criança permanece mais tempo acordado e chora quando deixada sozinha por muito tempo, os brinquedos devem ser resistentes e laváveis, porque a criança poderálevá-los á boca(chocalho)e, muitas vezes, estes brinquedos podem cair no chão e precisam ser de tamanhos maiores para evitar engasgo e sufocação.Procura com os olhos a origem de um ruído, gosta de brincar de se esconder com a fralda.
Um brinquedo interessante são os tapetes divertidos, onde o bebê fica deitado de barriga para cima e consegue tocar com o pé e com a mão brinquedinhos que ficampendurados.


O objetivo é trabalhar linguagem oral, discriminação auditiva e desenvolvimento motor.

Do Sexto Mês; a criança começa a discriminar cores. Vira a cabeça para procurar um objeto, segura a mamadeira, começa a sentar sem ou com apoio, dá arrancos na locomoção, balança o corpo. Os balbucios tomam forma de linguagem.
O educador observa que o bebê consegue ficar sentado maisfirmemente e seu desenvolvimento motor e intelectual já permite brincadeiras mais divertidas, como bater os brinquedos contra a beira da cama e encontrar objetos escondidos. Nessa fase, eles conseguem se deslocar do lugar e até segurar um objeto com cada mão.


Do sétimo mês: Quando um bebê já consegue permanecer sentado está pronto para brincar com cubos que tenham guizos embutidos ou ilustrações,com copos ou caixas que se encaixam uns dentro dos outros e com brinquedos ou argolas empilháveis. Começa a dar os primeiros impulsos para engatinhar.
O educador deve incentivar a criança a sentar, a melhor posição é colocá-la de pernas bem abertas e com as mãos no meio. Brinquedos podem ser postos distantes da criança para que ela se sinta estimulada a ir buscá-los e começar a engatinhar....
tracking img