Desenvolvimento sustentavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
• Um pouco de Gonçalves de Magalhães
• Nome literário: Magalhães, Gonçalves de.

Nome completo: Domingos José Gonçalves de Magalhães

Nascimento: Rio de Janeiro, RJ, 13 de agosto de 1811.

Falecimento: Roma, Itália,10 de julho de 1882.

Biografia: Considerado o homem que inicou o Romantismo no Brasil, foi um médico, professor, diplomata, político, poeta e ensaísta brasileiro, tendoparticipado de missões diplomáticas na França, Itália, Vaticano, Argentina, Uruguai e Paraguai. É o patrono da Cadeira n. 9, por escolha do fundador Carlos Magalhães de Azeredo.
Era filho de Pedro Gonçalves de Magalhães Chaves, não registrando os biógrafos o nome de sua mãe. Desenvolveu muito cedo um extraordinário gosto pela pintura, inspirado pelo pintor francês Debret, que o fez cursar Belas-Artesno Rio de Janeiro. Acabou optando por outra área, formando-se em Medicina em 1832. Concomitantemente, tornara-se amigo de Monte Alverne, a cujas aulas de Filosofia assistiu, sofrendo a sua influência. Em 1832 publicou as Poesias e, no ano seguinte, parte para a Europa com a intenção de aperfeiçoar-se em medicina. Na Europa ele entra em contato com as idéias românticas, fator essencial para aintrodução do movimento no Brasil. Sua importância está no fato de ter sido o introdutor do Romantismo no Brasil, não obstante suas obras serem consideradas fracas pela crítica literária.. Em contato com o romantismo francês, publicou em 1836 seu livro "Suspiros poéticos e saudades", cujo prefácio valeu como manifesto para o Romantismo brasileiro, sendo por isso considerado o iniciador dessa escolaliterária no país. Em parceria com Araújo Porto-Alegre e Torres Homem, lançou a revista "Niterói, Revista Brasiliense", no mesmo ano. Introduziu ali seus principais temas poéticos: as impressões dos lugares que passou, cidades tradicionais, monumentos históricos, sugestões do passado, impressões da natureza associada ao sentimento de Deus, reflexões sobre o destino de sua Pátria, sobre as paixõeshumanas e o efêmero da vida. Novamente em 18696, lançou, em Paris, um manifesto do Romantismo: "Discurso sobre a Literatura no Brasil".
Ao retornar ao Brasil, em 1837, é aclamado chefe da "nova escola" e volta-se para a produção teatral, que então era renovada com a produção de Martins Pena e os desempenhos de João Caetano. Em 1838 é nomeado professor de Filosofia do Colégio Pedro II, tendolecionado por pouco tempo.
Muito apegado ao imperador, dedicou-lhe os versos de "A confederação dos Tamoios." Em troca de tanta devoção, recebeu os títulos de Barão e Visconde do Araguaia.
De 1838 a 1841 foi secretário de Caxias no Maranhão e de 1842 a 1846 no Rio Grande do Sul. Em 1847 entrou para a carreira diplomática brasileira. Foi Encarregado de Negócios nas Duas Sicílias, no Piemonte, na Rússiae na Espanha; ministro residente na Áustria; ministro dos Estados Unidos, Argentina e na Santa Sé (Roma), onde morreu em 18882.

Características literárias: A Gonçalves de Magalhães atribui-se o mérito de ser o precursor de nosso Romantismo, com a publicação de seu livro Suspiros Poéticos e Saudades (1836). O primeiro livro que o poeta publicou, no entanto, ainda possui uma forte tendênciaestilística do já decadente Arcadismo. Sua viagem à Europa, onde teve contanto com o romantismo de cunho medieval e patriótico de Chateaubriand, Manzoni e Lamartini, em muito contribuiu para a amadurecimento de sua poesia, marcando a transição para as novas tendências literárias que assimilou. Essa sua fase romântica, mais inovadora, explorou quase todos os temas caros ao Romantismo, como o desgostoda vida, a infância, a saudade, o amor impossível, a melancolia e a tristeza e, de uma forma mais épica, o índio, o que lhe dá os méritos de pertencer à primeira geração romântica ao lado de Gonçalves Dias. Sua obra, porém, carece de uma profundidade, de uma liberdade expressiva e uma estética mais rica e criativa à altura de outros poetas românticos. Seus versos muitas vezes dizem muito pouco,...
tracking img