Desenvolvimento pessoal e proficional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2906 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LETRAS
CURSO DE PEDAGOGIA

DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL

SOBRADINHO-DF
2011

Desenvolvimento pessoal e profissional

O desenvolvimento pessoal e profissional do docente tem merecido por parte da literatura mais recente, sobre a formação de professores, um interesse redobrado. Neste sentido é pertinente abordar osconhecimentos que o professor adquire pela reflexão na e sobre a ação, e de que modo a reflexão crítica sobre a sua experiência contribui para o seu desenvolvimento. Sendo a análise crítica uma dimensão fundamental para o prático reflexivo, procura-se estabelecer a ponte com alguns autores do campo da educação de adultos da corrente do pensamento crítico.

Oportunidades e ameaças presentes no cenárioglobal
Uma grande oportunidade presente na área de formação do Educador é a oportunidade de interação Professor-Aluno, a escola enquanto instituição educativa desempenha um papel fundamental, sendo palco das diversas situações que propiciam esta interação principalmente no que tange sua dimensão socializante, a qual prepara o indivíduo para a convivência em grupo e em sociedade.
Assim, também éfunção da escola a dimensão epistêmica, onde ocorre a apropriação de conhecimentos acumulados, bem como a qualificação para o trabalho, dimensão profissionalizante.
Vale salientar que as dimensões citadas estruturam-se, no fator sócio histórico que é constituído de condicionantes culturais. Neste contexto abordaremos o diálogo, condicionante fundamental para uma boa interação entre o professor e oaluno.
Segundo Paulo Freire (1967, p. 66) “[...] o diálogo é uma relação horizontal. Nutre-se de V Colóquio Internacional Paulo Freire – Recife, 19 a 22 setembro 2005amor, humildade, esperança, fé e confiança”.
Na fala de Freire, percebe-se o vínculo entre o diálogo e o fator afetivo que norteará a virtude primordial do diálogo, o respeito aos educandos não somente como receptores, mas enquantoindivíduos.
As relações afetivas que o aluno estabelece com os colegas e professores são grande valor na educação, pois a afetividade constitui a base de todas as reações da pessoa diante da vida.
Sabendo que as dificuldades afetivas provocam desadaptações sociais e escolares, bem como perturbações no comportamento, o cuidado com a educação afetiva deve caminhar lado a lado com a educaçãointelectual.

O profissional da Educação
O grande volume de pessoas e informações que fazem parte do cotidiano das instituições de ensino exige a adoção de ferramentas e conceitos administrativos que tornem mais ágeis e eficazes seus processos - revertendo, assim, maiores benefícios para a comunidade escolar.
O Marketing nas Instituições de Ensino ainda é utilizado de forma escassa e onera oorçamento se não soubermos utilizá-lo no dia-a-dia, percebe-se que o Professor não se utiliza dele. Precisamos ressaltar a importância do relacionamento com os clientes (internos e externos) para torná-los mais fiéis e satisfeitos, valorizando o Professor e a Instituição.
Marketing existe quando pessoas decidem satisfazer. Suas necessidades e desejos através de trocas. Mais desempenho e melhor imagempara seus professores
Motivação
A motivação é um impulso que inicia, guia e mantêm o comportamento para alcançar a meta ou o objetivo desejado.Processo intrínseco, ou seja, está no interior de cada pessoa. Mas também pode ser provocado por meio de estímulos. As transformações são diárias. Segundo Peter Drucker: “a atual regra dos negócios é estarmos preparados para competir com competência, mesmoporque o passado não mais vai se repetir. O sucesso de ontem já não garante mais o sucesso de hoje e, consequentemente, não sustentará o sucesso de amanhã”.

Relevância da comunicação na área de formação

A dupla relação entre teoria e prática resulta em dois significados próprios ao papel da pesquisa na formação do professor. O primeiro deles é negativo: a competência para fazer pesquisa...
tracking img