Desenvolvimento local

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1906 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO


INTRODUÇÃO...........................................................................................................03


DESENVOLVIMETO ECONÔMICO LOCAL.............................................................04


CONCLUSÃO............................................................................................................09


REFERÊNCIASBIBLIOGRÁFICAS..........................................................................10

























INTRODUÇÃO


O desenvolvimento local pressupõe uma transformação consciente da realidade local. Isto implica em uma preocupação não apenas com a geração presente, mas também com as gerações futuras e é neste aspecto que o fator ambiental assume fundamental importância. Odesgaste ambiental pode não interferir diretamente a geração atual, mas pode comprometer sobremaneira as próximas gerações outro aspecto relacionado ao desenvolvimento local é que ele implica em articulação entre diversos atores e esferas de poder, seja a sociedade civil, as organizações não governamentais, as instituições privadas e políticas e o próprio governo.
Cada pessoa tem seupapel para contribuir com o desenvolvimento local. Ressalta-se que local não é sinônimo de pequeno, ou micro, mas de uma delimitação territorial que possua homogeneidade em sua dinâmica econômica e social, atual ou futura. Assim, o local pode ser um município ou uma região, independentemente das definições oficiais de Região.

















DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO LOCALA reestruturação do capitalismo que ganha dramaticidade com as conseqüências das políticas neoliberais, que se mostraram limitadas quanto à resolução de certas questões socioeconômicas advindas do esgotamento do modo de regulação fordista/keynesianista que, em sua crise nos anos 70, abriu as portas para a reestruturação do processo produtivo em nível tecnológico e organizacional; emnível das relações de trabalho, bem com das políticas do Estado, que havia sido um dos pilares do modo de regulação anterior. O processo de deslocalização em direção aos países que oferecem baixos salários e várias implicações: Em relação ao Estado, houve uma profunda crise do Estado do bem-estar. Social que passou a ter um difícil muito elevado. É justamente neste momento, e diante desta situação,que se instaurou a política neoliberal como forma de resolver a crise dos anos 1970 no que se refere às políticas do Estado. Apesar do discurso do Estado mínimo, percebe-se que, na prática, para resolver ou minimizar as desordens financeiras globais exige-se sempre mais a coordenação dos Estados ou de órgãos supranacionais para evitar os cataclismos de dimensões que poderiam abalar a acumulação docapital e todo o sistema. A deslocalização de unidades produtivas decorre de relações, cuja iniciativa pertence aos grupos industriais e comerciais dos países que participam do oligopólio mundial e cujo efeito consiste em poder jogar em concorrência a oferta da força de trabalho de um lado para o outro. A expansão do sistema capitalista baseou-se na integração simultânea, no âmbito deEstados-nações “regulado” de três mercados, o mercado de mercadorias, o de capitais (e tecnologias) e o do trabalho. Pelo seu movimento de mundialização, o capital explode esta integração e, evidentemente, não se preocupa em reconstituí-la O sistema mundial é fortemente integrado no aspecto financeiro e ainda mais quanto aos investimentos diretos. Mas não é integrado quanto ao preço de venda e às condições deutilização da força de trabalho pelas firmas. Estas têm toda liberdade para explorar como quiserem as diferenças na remuneração do trabalho, entre diferentes países e regiões.
O desenvolvimento local e regional da cidade envolve inúmeras e divergentes questões, vinculadas às diversas temáticas e assuntos municipais. As temáticas podem ser relacionadas, por exemplo, a: agricultura;...
tracking img