Desenvolvimento local

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2415 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 POLÍTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL 4
2.1 DESENVOLVIMENTO LOCAL EM CURITIBA 5
2.1.1 Planejamento Econômico e Principais Atividades 5
2.1.1.1 Projeto Bom Negócio 7

3 OPINIÕES GERAISSOBRE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO LOCAL 9

4 CONCLUSÃO 11

REFERÊNCIAS 12
INTRODUÇÃO




Durante o período pós-guerra, o desenvolvimento econômico dos países capitalistas concentrava-se na produção, tendo como modelo o sistema fordista, baseado na produção em massa para consumo em massa. Quando esse sistema de desenvolvimento entrou em colapso em meados da década de 1970,deu-se início a uma preocupação com a reestruturação capitalista que repercutiu em diversos setores de atividades sociais, sugerindo a importância do planejamento estratégico organizacional que pudesse proporcionar uma equidade socioeconômica globalizada.

A realização de uma reestruturação na organização da produção interferiu no Estado e suas políticas públicas. O crescimento dodesemprego e do trabalho informal causado pela crise capitalista chamou a atenção para o desenvolvimento local, indicando que mesmo em países mais pobres existiam regiões com bons índices de desenvolvimento. Todo esse movimento iniciou um processo de descentralização do poder do Estado, que não alcançava as necessidades individuais da população com suas políticas sociais.

Dessaforma, os municípios adquiriram mais autonomia, principalmente com o advento da Constituição Federal de 1988, que trouxe de forma expressa a autonomia político-administrativa dos municípios, apenas implícita nas constituições anteriores. Tal descentralização do poder do Estado fortalece o papel do município como agente de desenvolvimento econômico local.












POLÍTICAS PARA ODESENVOLVIMENTO LOCAL



No Brasil existem regiões que possuem características diferentes nas áreas econômicas, sociais e ambientais. Com base na diversidade das regiões o governo federal possui algumas regulamentações para orientar o desenvolvimento local.

Conforme a diversidade das capacidades econômicas das várias regiões existentes no país, a diferença entre taisregiões também ocorre. Com o objetivo de reduzir as desigualdades regionais e ao mesmo tempo potencializar as capacidades econômicas, foi desenvolvida a Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), pelo Ministério da Integração Nacional (2007):

A PNDR tem o duplo propósito de reduzir as desigualdades regionais e de ativar os potenciais de desenvolvimento das regiõesbrasileiras, explorando a imensa e fantástica diversidade que se observa em nosso país de dimensões continentais. O foco das preocupações incide, portanto, sobre a dinamização das regiões e a melhor distribuição das atividades produtivas no território.


A PNDR foi instituída pelo Decreto nº 6.047, de 22 de fevereiro de 2007, na intenção de reduzir as desigualdades socioeconômicaspor meio da condição de desenvolvimento econômico, inclusão da população no mercado de trabalho e implantação da infraestrutura para serviços básicos de saúde.

No âmbito regional, foi instituída no estado do Paraná, por meio do Decreto nº 1.483, de 26 de setembro de 2007, a Política de Desenvolvimento do Estado do Paraná (PDE). A PDE regulamenta a criação do Conselho Estadual dasCidades, o ConCidades, que tem como atribuição propor, acompanhar e avaliar a formulação da Política de Desenvolvimento do Estado (PDE) e criar mecanismos de articulação entre os programas de desenvolvimento urbano e regional e os recursos estaduais.





1 DESENVOLVIMENTO LOCAL EM CURITIBA



Ainda na década de 1960 o crescimento urbano de Curitiba chamou a...
tracking img