desenvolvimento embrionario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4819 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Na espécie humana, a fecundação do ovócito secundário (também chamado de óvulo) ocorre no interior do corpo feminino, mais precisamente na tuba uterina. É importante lembrar que o ovócito secundário se encontra estacionado na metáfase II da meiose, sendo que essa meiose se completará somente se o ovócito secundário for fecundado por um espermatozoide.
Se houver fecundação do ovócito secundáriopor um espermatozoide, a meiose se completará, originando um zigoto, que é levado até o útero pelas contrações musculares da tuba uterina. É importante lembrar que o desenvolvimento do zigoto se inicia durante o trajeto dele até o útero, que pode demorar de três a quatro dias.
A segmentação nos mamíferos, e consequentemente nos humanos, éholoblástica e igual, isto é, o zigoto se dividetotalmente, formando blastômeros de tamanho aproximado. Antes de chegar ao útero, o zigoto sofre inúmeras divisões até se transformar em uma mórula com cerca de dezesseis blastômeros.
Por volta do quinto dia após a fecundação, o embrião já está em fase deblástula, que também pode ser chamada de blastocisto ou blastócito, e já se encontra implantado no útero em um processo chamado de nidação. Na fase deblástula podemos observar uma camada de células, chamada de trofoblasto,que produz enzimas que digerem os tecidos do útero, abrindo cavidades no endométrio, a fim de conseguir retirar nutrientes para o embrião que está implantado no útero. Como resposta a essa ação do trofoblasto, a parede do útero promove a proliferação de vasos sanguíneos naquela região, formando uma estrutura altamentevascularizada chamada de decídua uterina.
Desde o momento em que ocorreu a nidação do embrião no útero, a placenta já começou a se formar a partir da decídua uterina e das vilosidades do córion que estão mergulhadas nela.
Cerca de três semanas após a fecundação, os principais órgãos do sistema nervoso, digestório e circulatório já começam a ser formados e o coração começa a bater. Com cinco semanas, oembrião começa a desenvolver braços e pernas e a apresentar contrações musculares. Por volta da nona semana após a fecundação, o embrião mede cerca de 2,5 centímetros. Nessa fase há o surgimento das células ósseas (osteoblastos) nas cartilagens do embrião, iniciando o processo de ossificação. Nesse período, o embrião já tem aparência humana e passa a ser chamado de feto.
O crescimento e odesenvolvimento do feto continuam. No quinto mês de gestação, o feto mede cerca de 20 cm e pesa aproximadamente 500g. Após 40 semanas depois do primeiro dia da última menstruação, ocorre o nascimento do bebê.



Por volta do 14º dia do ciclo menstrual, aumenta a probabilidade da mulher engravidar, pois um óvulo maduro é libertado de um dos ovários, pronto a ser fecundado.
O espermatozóide passa pelatrompa de Falópio e segue em direcção ao útero, podendo sobreviver até 24 horas.
Supõe-se que centenas de espermatozóides chegarão a este óvulo, após uma viagem que vai da vagina até as trompas uterinas.
Neste momento, os espermatozóides irão libertar uma enzima que permitirá um ou mais deles penetrarem na cobertura de proteção do óvulo.
A fecundação – o processo através do qual o gâmeta masculino,o espermatozóide, e o gâmeta feminino, o ovócito, se unem formando um zigoto – ocorre assim na ampola da trompa uterina da mulher.
Na fecundação determina-se o sexo do embrião. Quando o par final de cromossomas sexuais é XX, o indivíduo é geneticamente feminino; quando o par é XY,é masculino. Um ser humano adulto tem mais de trinta triliões de células, desempenhando inúmeras funções diferentes nocérebro, pele, ossos, coração, etc., todas derivadas do zigoto que resultou da fecundação.
O útero é um local privilegiado para o sistema imune materno: as defesas imunitárias são silenciadas em relação ao embrião, que podia ser rejeitado ao ser reconhecido como uma entidade geneticamente diferente da mãe.
Ao 21º dia, o coração do embrião começa a bater.

A embriologia descreve o processo...
tracking img