Desenvolvimento de um novo produto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1917 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES INTEGRADAS BRASILEIRAS RENASCENÇA

A Formação dos Professores no Século XXI

A Formação dos Professores no Século XXI

Trabalho apresentado à disciplina de Gestão Escolar II,

SÃO PAULO - 2010
Biografia
Philippe Perrenoud é doutor em Sociologia e Antropologia, tem 59 anos e leciona nas áreas de currículo, práticas pedagógicas e instituições de formação nas faculdadesde Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Genebra (Suíça).
"A perversão mais grave da avaliação é avaliar conhecimentos que a escola não ensinou".
O sociólogo suíço Philippe Perrenoud é uma referência para educadores no Brasil. Professor na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação na Universidade de Genebra, autor de vários títulos importantes na área de formação deprofessores - hoje considerados leitura obrigatória para os profissionais do ensino - Perrenoud é conhecido por suas idéias pioneiras sobre avaliação em sala de aula.
Entre seus livros, destacam-se:
Avaliação - Da excelência à regulação das aprendizagens;
Construir as competências desde a escola;
Pedagogia Diferenciada e 10 novas competências para ensinar.

A Formação dos Professores noSéculo XXI
O século XXI está apenas começando, mas por enquanto ele ainda tem a mesma cara do século passado. As orientações dadas para a formação dos professores não diferem radicalmente daquelas que foram proposta há cinco anos.
É útil e razoável utilizar o século XXI, que está começando, para (re)pensar as orientações que desejamos para a formação dos professores no curto prazo, digamos, parahorizonte de 2010. Não esquecemos que esses professores estarão formado por volta de 2015 e formarão alunos que terão 20 anos em 2030-2035. Já é muito difícil prever como será o planeta nesse momento.
Finalidades da Escola e da Formação dos Professores
Não é possível formar professores sem fazer escolhas ideológicas. Conforme o modelo de sociedade e de ser humano que defendemos, não atribuiremosas mesmas finalidades à escolas e, portanto, não definiremos da mesma maneira o papel dos professores.
As finalidades do sistema educacional e as competência dos professores não podem ser dissociadas tão facilmente. Não privilegiamos a mesma figura do professor se desejamos uma escola que desenvolva a autonomia ou o conformismo, a abertura ao mundo ou ao nacionalismo, a tolerância ou o desprezopor outras culturas, a solidariedade ou o individualismo.
Edgar Morin propõe sete saberes fundamentais que a escola teria missão de ensinar:
As cegueiras do conhecimento: erro e ilusão.
Os princípios de um conhecimento pertinente.
A condição humana.
A identidade terrestre.
O confronto com a incertezas.
A compreensão.
A ética do gênero humano.
Quando esse tipo de proposta éapresentado no contexto da UNESCO, só podemos convidar os Estados a se inspirarem neles, embora saibamos que eles farão o que quiserem...
O que será colocado em prática depende da luta política e dos recursos econômicos. Não somos muito ingênuo a ponto de acreditar que simples idéias podem destruir as relações de força, elas podem ao menos alimentar o debate e esboçar alternativas.
Para desenvolver umacidadania adaptada ao mundo contemporâneo, defendo o perfil de um professor que seja ao mesmo tempo:
1.pessoa confiável;
2. mediador intercultural;
3. mediador de uma comunidade educativa;
4. garantia da lei;
5. organizador de uma vida democrática;
6. transmissor cultural;
7. intelectual.
Existem duas idéias que não têm a ver com competência, mas com posturas fundamentais:a práticareflexiva e a implicação crítica.
A concepção da escola e do papel dos professores não é unânime, não podemos defender a hipótese de que todos os Estados desejam formar professores reflexivos e críticos, intelectuais e artesãos, profissionais e humanistas.
Orientações Básicas sobre a formação dos professores
Defendi a ideia (Perrenoud, 1998d) de que “a qualidade de uma formação depende, sobretudo,...
tracking img