Desenho segurança do trabalho

INSTITUTO EDUCACIONAL DE ARAÇATUBA
APOSTILA DE DESENHO TÉCNICO PROF. PAULO SÉRGIO BARBOSA DOS SANTOS

1. DESENHO COMO FORMA DE EXPRESSÃO
O uso de desenho pelo homem é tão antigo quanto a nossaprópria origem. Atualmente são conhecidos vários exemplos de desenhos que mostram cenas do dia-a-dia de nossos ancestrais. O desenho é um relato histórico, de uma época em que as nossas capacidades decomunicação oral e gestual eram incapazes de representar a riqueza de detalhes da realidade vivida pelo homem. Desde muito cedo, portanto o desenho passou a ser usado como recurso para representaçãode objetos, pessoas e animais.

Detalhes de desenhos das cavernas de Havberg, Noruega.

Represeentação egípcia do túmulo escriba Nakht 14 a.C.

1.1 Algumas modalidades de desenho Tradicionalmenteo uso de esboços é feito durante as etapas de desenvolvimento. A apresentação do projeto, por outro lado usa uma representação normatizada. Isso quer dizer que são seguidas normas estabelecidas porórgãos nacionais e internacionais, como a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

1.1.1 Desenho de Observação Usado principalmente por artistas plásticos para adestramento do olho, registrode locais e situações e apreensão espacial, isto é, registro da disposição espacial de elementos da paisagem.

2

INSTITUTO EDUCACIONAL DE ARAÇATUBA
APOSTILA DE DESENHO TÉCNICO PROF. PAULOSÉRGIO BARBOSA DOS SANTOS

1.1.2 Croqui ou Esboço Usado geralmente no desenvolvimento de projeto, aplica-se bem para comunicação de idéias em fase embrionária, o que faz com que seja bastante utilizadodurante o processo criativo. É feito de forma rápida com as mãos, mas procura ser fiel às dimensões e proporções dos objetos retratados. Por isso o desenhista quando vai a campo e precisa registrar deforma rápida elementos de máquinas ou construtivos ele faz os esboços que posteriormente poderão ser desenhados de acordo com as normas de desenho. Veja a seguir o croqui do prédio do Congresso...