Descrição de alterações orais em sincrânios de mãos-peladas (procyon cancrivorus) oriundos de cativeiro e vida livre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Descrição de alterações orais em sincrânios de mãos-peladas (Procyon cancrivorus) oriundos de cativeiro e vida livre

INTRODUÇÃO Tipicamente, os procionídeos são animais de pequeno a médio porte, farta pelagem, cauda moderadamente longa, com anéis escuros e óbvia máscara facial. São animais adaptados a uma grande variedade de biomas, desde florestas tropicais – onde possuem maior ocorrência –charcos, até regiões semi-áridas (REIS, 2006 apud EINSENBERG & REDFORD, 1999). Sua longevidade não está bem estabelecida, mas há relatos de sobrevivência de raccoons, por mais de 20 anos em cativeiro, enquanto que em vida livre, os registros de idade estimada não passam de cinco anos (PHILLIPS & NOLSON, 2005). Ao se comparar a dentição do P. cancrivorus com qualquer membro de outra família decarnívoros, nota-se marcada diferença na anatomia dentária, revelando suas diferentes habilidades mastigatórias (ZEVELOFF, 2002; TEIXEIRA & AMBROSIO, 2006; ROSSI JR., 2007; PHILLIPS, 2008). A literatura existente sobre enfermidades orais em animais silvestres é, em sua maioria, a respeito de animais mantidos em cativeiro, descrevendo grande ocorrência de doenças da cavidade oral devido a traumas e adoença periodontal. A etiologia da maioria das doenças orais está relacionada com características físicas de sua dieta e às mudanças químicas a que estas dietas induzem (FITCH & FAGAN, 1982). As infecções da cavidade oral podem estar diretamente relacionadas com enfermidades dentárias primárias como: erupção dentária deficiente, maloclusão, desgaste e abrasão precoce, fraturas com ou sem exposiçãopulpar e doença periodontal (ROSSI JR. et al., 2007). O termo sincrânio descreve o conjunto

composto por neurocrânio, esplancnocrânio e mandíbula quando são considerados juntamente, com a finalidade de se evitar as freqüentes confusões sobre a porção exclusiva do cranium (SIMÕES LOPES, 2006). A investigação osteológica pode revelar inúmeras

informações úteis sobre a saúde ante-morte de umespécime, tais como afecções infecciosas e físicas (COOPER & COOPER, 2008). Os acervos de história natural dos museus são fonte de conhecimento e compreensão sobre as espécies e seus habitats. Tal fato se torna viável porque os dentes, formados por tecido duro e mineralizado – mais que os próprios ossos – sendo o tecido mais duro do organismo, são por vezes, o único vestígio da existência de espéciesjá

extintas (KOWALESKI, 2005). Na maioria dos carnívoros, os pré-molares e especialmente os dentes carniceiros são dentes secodontes, com cúspides cortantes, dispostos de maneira semelhante a uma tesoura (LOPES, 2008). Os quartos pré-molares maxilares e os primeiros molares mandibulares são comumente chamados de carniceiros (VERSTRAETE, 2007). Nos mãos-peladas, porém, os dentes carniceiros sãobunodontes, ou seja, dentes com cúspides achatadas, não afiadas na face oclusal, dispostas de maneira a permitir ações de esmagamento e trituração, como o primeiro e segundo molares superiores e segundo e terceiro molares inferiores no cão (WIGGS & BLOOM, 2003). Sua fórmula dentária é: I 3/3, C 1/1, PM 4/4, M 2/2 = 40 dentes (ZEVELOFF, 2002; TEIXEIRA & AMBROSIO, 2006; PHILLIPS, 2008).. Tipicamente,entre os carnívoros, os dentes incisivos são usados para roer, coçar e cortar; os dentes caninos servem para segurar, rasgar e perfurar; os pré-molares são usados para cortar e segurar; e os dentes molares, usados para triturar (HOLMSTROM, 1998). Mais uma vez, uma peculiaridade se dá com os procionídeos, que também utilizam os quartos pré-molares para trituração. MATERIAIS E MÉTODO

Foramestudados sincrânios de 104 indivíduos da espécie P. cancrivorus, dos acervos do Museu Paraense Emílio Goeldi, PA, Museu Nacional UFRJ, RJ, Museu de Mastozoologia da Universidade de São Paulo, SP, e Setor de Anatomia Veterinária do Centro Universitário Vila Velha, ES. O trabalho foi realizado em bancadas, sobre base milimetrada. Os exames físicos dos sincrânios foram feitos macroscopicamente...
tracking img