Descontinuidade entre o mito** e filosofia x continuidade entre mito e filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Feira de Santana- UEFS
Disciplina: Introdução à Filosofia Semestre:2012.2
Professor: Jorge Alberto da C. RochaEstudantes: Aislan Alves Bezerra
Ana Figueiredo Bomfim Matos
Claudemir Beckmann Souza Pinto
Claudio Lourran O. e OliveiraDaiane Peixoto Martins
Helton Anderson Simões dos Santos
Marco Antônio dos Santos Pires
Tiago Iure Matos da SilveiraAnálise feita a partir do texto; Introdução à História da Filosofia – Chauí M. – Capítulo III: Descontinuidade entre o mito** e filosofia x continuidade entre mito e filosofia. (Páginas 26 à 35)
1ºQuais as posições de Hegel, Burnet, Confort, Jaeger e Vernant acerca da relação mito-filosofia?

Partindo do princípio de separação e semelhança, podemos dividir os pensadores (filósofos) deacordo com suas argumentações sobre a ruptura ou não do mito com a filosofia. Num círculo colocamos Hegel e Burnet, em outro Confort e Jaeger. A parte entre um e outro fica reservada a Vernant. Claroque isso é uma forma de tentar simplificar visualmente a respeito da argumentação individual de cada um.

Vamos tentar organizá-los assim como na imagem, de forma dissertada, obedecendo a umaordem de pensamentos e seus respectivos pensadores. É de extrema importância deixar claro que, vamos falar a partir de um comentário, e não de textos dos próprios filósofos, conhecimento que deveremosadquirir no prosseguimento dos estudos e pesquisas, (apesar da existência de fragmentos dos próprios, nos rodapés das páginas) os cinco citados principalmente.
De acordo com Hegel,filósofo alemão, em seus escritos sobre a História da Filosofia, esta História pode ser subdividida em duas partes: Filosofia Oriental e Filosofia Grega. A Grega, fundamentada numa descontinuidade ou...
tracking img