Descoberta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Descoberta

Já fazia muito tempo que ele nem lembrava mais quando fora a última vez que entrara numa igreja. Ao cruzar a porta, Téo sentiu de imediato a diferença entre a luminosidade e o calor darua com a quase penumbra e o ar mais fresco do interior do templo. A primeira coisa que lhe chamou a atenção, um grande vitrô da lateral direita, trazia estampada a cena do reencontro do filhopródigo com o pai.
Como essa, todas as demais passagens bíblicas que enfeitavam as paredes eram pintadas com cores alegres, vibrantes; que contrastavam com a sobriedade do branco do piso de mármore e dacombinação creme e marrom das colunas em estilo barroco. O talento do artista criava uma sensação de que as personagens retratadas estavam vivas – impressionante efeito realçado pela inexistência demoldura nas telas.
Os olhos do homem ainda admiraram algumas imagens de santos até se deterem na enorme cruz vazia colocada perto do ambão. Em meio a tantas obras de arte, destacava-se a simplicidadedaquela peça de madeira, que tinha apenas um pano vermelho pendurado em seus braços. Púrpuras também eram, naquele dia 29 de junho, as toalhas que cobriam o altar e a mesa da palavra, assim como acortina do sacrário.
De repente, foram ligadas as lâmpadas dos três enormes lustres que pendiam do alto da nave central e ele notou, então o belíssimo forro todo trabalhado, com motivos que remetiam acolméias de abelhas. Logo a seguir, o silêncio foi rompido pelo sacristão, que instalava os microfones e, para testar o sistema de som, colocou um cd a tocar.
Um trecho da música escolhida dizia:“...Tua presença, meu Senhor, posso sentir
Vejo as pegadas que deixaste em meu jardim
Onde as belezas desta terra prenunciam as do céu
Só pode ver o coração que sabe crer.
Crer que o eterno nestetempo já se faz
E a vida humana neste altar é muito mais
Nele antecipa-se a chegada de quem nunca se ausentou
Pois a saudade é uma forma de ficar...”
Cessada a canção, o soar dos sinos...
tracking img