Descartes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE TIRADENTES
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL








DANILO FERNANDES VIANA
JOÃO RAPHAEL SAMPAIO DANTAS







DESCARTE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NAS OBRAS DOS ESTÁDIOS DA COPA DO MUNDO DE 2014



















Aracaju
Abril 2014
DANILO FERNANDES VIANA
JOÃO RAPHAEL SAMPAIO DANTAS








DESCARTE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NAS OBRAS DOS ESTÁDIOSDA COPA DO MUNDO DE 2014






Pesquisa bibliográfica apresentada como requisito parcial de avaliação da disciplina de Práticas Investigativas II, ministrada pelo (a) Prof(ª). Maria das Graças da S. Correia, no 1 semestre de 2014.














Aracaju
Abril 2014
SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO (12) 03
2 XXXXXXXXXXXXXXXXXX 00
3 XXXXXXXXXXXXX 00
4 XXXXXXXXXXXX 00
5CONSIDERAÇÕES FINAIS 00
REFERÊNCIAS 00

OBS.: (Lembrar que a quantidade de capítulos do desenvolvimento depende de cada pesquisa) – II Unidade.














INTRODUÇÃO

A construção civil encontra-se hoje em posição de destaque , no quesito desenvolvimento econômico e social do Brasil,  em contrapartida também encontra-se como  grande gerador de impactos ambientais, modificandopaisagens e aumentando de maneira assustadora a sua  geração de resíduos.
O setor de Resíduos Sólidos da Construção Civil se depara com o grande desafio de conciliar sua atividade produtiva e lucrativa com o desenvolvimento sustentável consciente. Neste sentido, a Lei 12.305/2010 também conhecida como Política Nacional de Resíduos Sólidos regula o manejo ambientalmente corretos dos resíduos sólidos,implementa metas de redução, reutilização, reciclagem no intuito de reduzir a quantidade de resíduos e rejeitos para destinação final.
A tecnologia dos materiais sustentáveis procura técnicas específicas, tecnologias limpas e materiais apropriados de modo a estimular uma atitude social e ecologicamente correta. Para o planeamento e desenvolvimento de um material é necessário estudar todo o seuciclo de vida desde a matéria-prima até ao produto final tendo uma preocupação aos vários fatores de impacto ambiental. A avaliação do ciclo de vida dos materiais, concretiza-se combinando o económico com os interesses ecológicos, ou seja, menos matérias-primas, energia, detritos, embalagens e mais reciclagem, diminui custos de produção, aumenta o lucro e influencia positivamente a balançaecológica. Para os produtos sustentáveis, sempre que possível, deve-se optar por energias renováveis. Os materiais utilizados devem estar o mais próximo possível de seu estado natural para que sejam facilmente recuperados. Materiais compostos são de difícil recuperação e reciclagem.







Estádio Sustentável
Todos os materiais comprados para a construção do novo estádio são ecologicamentecorretos. Para minimizar os impactos, o Consórcio Brasília 2014, responsável pela obra, qualifica seus fornecedores de insumos naturais e somente aqueles que são licenciados fornecem esses insumos para construção do estádio. Além disso, é realizada a gestão dos resíduos sólidos, que são destinados conforme rege a legislação brasileira.
No canteiro de obras, existem seis “eco pontos”, nos quais osfuncionários depositam separadamente o entulho, a madeira, o saco de cimento, o isopor e o plástico. A coleta foi implantada no canteiro industrial e administrativo. O Consórcio Brasília 2014 também realizou a compensação ambiental da obra: cinco mil árvores foram plantadas no Distrito Federal conforme as normas ambientais.
Geração de energia: Depois de pronto, o Estádio Nacional de Brasília ManéGarrincha terá captação de energia solar. A geração de energia ocorrerá por meio da instalação de placas fotovoltaicas no anel de compressão, grande aro em concreto com 1km de circunferência que sustenta a cobertura.  Serão dispostas 9,6 mil placas, com capacidade para gerar 2,5 megawatts de energia por hora, o que corresponde ao abastecimento de quase 2 mil residências por dia.
Reaproveitamento de...
tracking img