Descarte e eleminaçao das drogas citotóxicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO DE EDUCAÇÃO TÉCNICA E ESPECILIZADA DO ACRE-CETEAC
CURSO: TÉCNICO EM ENFERMAGEM
DISCIPLINA: ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM Á ONCOLOGIA













BENEDITA LIBERDADE ALVES SAMPAIO













DESCARTE E ELEMINAÇAO DAS DROGAS CITOTÓXICAS
















RIO BRANCO-ACRE
MARÇO/2010
BENEDITA LIBERDADE ALVES SAMPAIOEste trabalho será entregue a
Professora Kallyne Braga como
Parte da avaliação da visita
Técnica realizada na Unocon da
Matéria de assistência de
enfermagem á oncologia.

























RIO BRANCO-ACRE
MARÇO/2010
SUMÁRIOINTRODUÇAO.....................................................................04
ELEMINÇAO DAS DROGAS CITOTÓXICAS..........................05
AGULHAS E SERINGAS.......................................................05
MANUSEIOS DE FRASCOS..................................................05
AMPOLAS...........................................................................05
QUIMIOTERAPICOS NAFORMASOLIDAS...........................05
EMBALAGEM PARA TRANSPORTE.....................................05
ROTULAGEM......................................................................05
CUIDADO COM O LIXO.......................................................06
DESCARTE DAS DROGAS CITOTÓXICAS............................06
CONCLUSAO.......................................................................08BIBLIOGRAFIA...................................................................09















INTRODUÇÃO:
O descarte e a eliminação das drogas citotóxicas corretamente além de preservar o meio ambiente estão prevenindo a contaminação tanto dos profissionais de saúde como da sociedade em geral.

































DESCARTE DAS DROGASCITOTÓXICAS.

As boas praticam de trabalho são fundamentais ao exercício de atividades relacionadas com citostáticos.

Agulhas e seringas. Devem ser descartadas em recipientes próprios para o descarte de matérias de perfuroscortantes.
Manuseio de fracos. O preenchimento com equipo com a solução de administração anteriormente a adição do fármaco garante a dos funcionários encarregados daadministração ao paciente, pois se algum liquido escapar, ele estará isento de medicamento. esse procedimento deverá ser efetuado dentro do fluxo laminar.
Manuseio de frascos. A técnica adequada para o manuseio de frascos é substituir o volume de liquido por um volume idêntico de ar, seja durante a injeção ou remoção do liquido, sempre tendo o cuidado de evitar extremos de pressão, positivo ounegativa.
Ampolas. Ao manusear ampolas, remover todos os matérias da parte superior antes de parti-las. Envolver o pescoço da ampola com gazes estéril ao quebrá-las. Esses atos protege o operador contra cortes e evita vazamentos no ambientes.
Quimioterápicos na formasólidas. As formas sólidas de quimioterápicos devem ser manuseadas com cautelas, especialmente comprimidos produzem pós. Nesse caso,o uso de aquipamento de proteção individual deve ser utilizado e o manuseio em fluxo laminar.
Embalagem para transporte. Ao transporte preparações, devem-se minimizar os riscos de contaminação do ambiente e garantir que aos cuidados á quantidade do medicamento em sua preparação não se percam devido a transporte inadequado. Uma embalagem térmica, fechada para a proteção da luz e devidamenteidentificada quanto ao seu conteúdo, deve abrigar as bolsas e frascos de preparação, sendo que esses devem estar embalos individualmente em sacos plásticos selados.
Rotulagem. os rótulos das prepraraçoe devem conter informações que possibilitem sua identificação, como nome do paciente, número do leito, número de registro, nome do fármaco, dose e veiculo utilizado. O tratamento quimioterápico deverá...
tracking img