Desafio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1480 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO DE ESTÁGIO
PRÁTICA DE GESTÃO EM ESCOLAS E EMPRESAS




UNIVERSIDADE PAULISTA
CAMPUS MAGALHÃES TEIXEIRA
2011

PEDAGOGIA

P.G.E.E
PRATICA DE GESTÃO EM ESCOLAS E EMPRESAS

SIOMARA RODRIGUES DE SOUZA
PROFESSORA ORIENTADORA

BRUNA VENGRES SANTOS
R.A: A24GBE-O
TURMA: PD6Q12

OUTUBRO
2011

SUMARIO

Identificação
EMEF Raul Pila
Rua Promissão, 230 JardimFlamboyant – Campinas-SP.
Telefone: (19) 3255.8969
Horário de Funcionamento: 07: 00 ás 12: 00 hora
12:50 ás 18:10 horas
19:00 ás 22:45 horas
Instituição Mantenedora: Prefeitura Municipal de Campinas

Diretora: Andrea Viana Martins
Vice- Diretora I: Maria Iara Prado Nascimento
Vice-Diretora II: Kanila dos Santos Moraes
O.P I: Sonia Aparecida dos Santos Nobre
O.PII: Robson Alexandre de Moraes

Caracterização da Unidade Escolar
A escola EMEF “Raul Pila” oferece o Ensino Fundamental regular e a EJA no período Noturno. Funciona também nessa escola a (FUMEC) EJA I com 2 salas no período noturno.
No momento a escola conta com aproximadamente com 605 alunos (sem contar com os alunos do FUMEC). Sua clientela é composta , quase que exclusivamente, decrianças que habitam o bairro. São João da Vitória e do Jardim Novo Flamboyant.
A comunidade em torno da escola apresenta diferentes níveis socioeconômicos. De um lado tem-se uma comunidade de classe média alta, moradores do Jardim Flamboyant, que não frequenta a escola, e raramente, se envolve com os problemas da mesma.
Do outro lado encontra-se a comunidade de classe Média Baixa, que passa porvarias privações e conflitos familiares. A porcentagem de alunos que frequentam a escola da camada de baixa renda é bastante grande aproximadamente 80%, são famílias pobres, que muitas vezes vivem em condições sociais vulneráveis. Grande parte mora em favelas, muitos dos pais são analfabetos, não estão acostumados a orientar seus filhos para a vida escolar. Nesse sentido a escola procuracativá-los para retomarem e/ ou iniciar os estudos no curso EJA, oferecido pela escola, mas nem sempre tem sucesso.
Temos também promovido eventos como palestras para os pais, mas infelizmente a participação ainda é bastante baixa.
Alem dos problemas sociais como desemprego, tráfico de drogas e separação de pais, nossas crianças, adolescentes e adultos convivem frequentemente com cenas de violência e atémesmo de crimes graves, seja na família seja no bairro onde moram.
Devido aos fatores expostos acima, há um numero muito grande de crianças com histórico de vida bastante complicado. Muitos trazem consigo grande dificuldade de aprendizagem. Constata-se que um número significante de alunos apresentam problemas cognitivos. Esses são encaminhados pela escola para uma avaliação médica, mas nemsempre a família dá continuidade ao encaminhamento e na maioria das vezes, a escola permanece sem o diagnostico médico do aluno.
Há também alunos que apresentam problemas com relação à faltas. A família é convocada para justificar a ausência da criança na escola, momento em que a equipe gestora orienta aos pais ou responsáveis; sobre as consequências das faltas, mas dificilmente a questão éresolvida, dessa forma, precisando a escola encaminhar o problema para o Conselho Tutelar.
Outro aspecto também característico do alunado da escola é a migração frequente ao longo do ano letivo. Muito dos alunos vem do Nordeste, trazendo hábitos e cultura diferentes.
Precisam de um tempo de adaptação ao novo ritmo de vida, mas quando estão começando a estabelecer novos contatos, novos vínculos, afamília retorna ao estado de origem. Esse vai e vem tem em algumas famílias por varias vezes durante ao ano letivo.
A rede de ensino de Campinas traz a proposta de educação inclusiva o que é defendido e trabalhado pela escola. Nos últimos anos o numero de alunos com necessidades especiais tem aumentado significativamente nesta instituição. Nota-se que tem vindo para a escola, cada vez mais, alunos...
tracking img