Desafio de estatística

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ETAPA 1

ÁGUA, O “OURO AZUL” DO NOSSO SÉCULO

INTRODUÇÃO:

A Preocupação mundial com água é tal importância, que se faz necessário mensurar e inclusive calcular o quanto dispomos, para podermos tomarmos consciência da necsssidade de um planejamento urgente e eficaz para preservação deste ouro azul.

Dispomos no mundo de 1.386 bilhão de Km3, que resulta em um número impressionante: 1.386sextilhão de litros, assim dispostos:

97,5% são águas salgadas e apenas 2,5% são águas doces. Do total de água doce:
30,1% estão atualmente indisponível nas calotas polares, em neves eternas nas montanhas mais altas e em solos congelados;
0,4% está na superfície da terra, considerando não apenas rios e lagos, mas também a neblina a umidade da sperfície do solo.

Nota: Esta quantidade é fixapara abastecer todo planeta.

DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA POR CONTINENTE

Capacidade renovável de água doce por continente
Continentes Valor em %
África 10%
América do Norte 18%
América do Sul 23,10%
Ásia 31,60%
Europa 7%
Oceania 5,30%
Antártida 5%


Disponibilidade percápita de água doce por continente
Continente Estimativa por população/Mihões Participação Disponibilidadepercápita
África 790 13% 3.966
América 508 8% 24.973
Ásia 3.378 61% 4.050
Europa 1.061 18% 11.196


Produção por países de água mineral - 2010
Países Bilhões litros produzidos
México 15,4
Estados Unidos 11,5
Itália 8,7
Alemanha 8,1
França 6,5
Brasil 5,8



CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Podemos concluir que comparado a Áfica a América do Sul tem dados estatísticos menos crítico, no entandoa necessidade de produção indústrial e agrícola para atender a demanda do consumo, tem afetado diretamente as fontes renováveis e portanto, cada
um deve fazer a sua parte, empresas, governos, etc. Para que possamos vislumbrar um futuro sem escassez.

ETAPA Nº 2

Consumo de água no Brasil

INTRODUÇÃO:
Essa atividade é fundamental para compreender a construção de tabelas de distribuição defrequências, explanando o consumo de água no Brasil, apresentando os resultados através de relatórios explicítos em gráficos e tabelas.
DESENVOLVIMENTO:
Distribuição dos recursos hídricos da superfície e da população em % do total do pais
Região Recursos Hídricos Superfície População
Norte 69% 45% 7%
Centro Oeste 16% 19% 6%
Sul 7% 7% 15%
Sudeste 6% 11% 43%
Nordeste 3% 18% 29%
Soma 100%100% 100%



Bacias no Brasil
Bacias Disponibilidade
Uruguai 2,10%
Trecho Sudeste 2,60%
Trecho Leste 6,70%
São Francisco 7,50%
Tocantins 9,50%
Norte - Nordeste 11,60%
Paraná 14,30%
Atlântico 45,70%


CONSIDERAÇÕES FINAIS:
Através destes estudos podemos concluir que, a região Norte/Nordeste é a que tem o maior consumo de água no Brasil, porem, a maior distribuição por baciaestá na região Atlântica, devido à floresta amazônica. Isso causa um desequilíbrio entre produção e consumo, o que as vezes acarretas problemas na hora de abastecer as regiões que produzem menos e consomem mais, devido a grande habitação por pessoas. Por estes motivos, cansamos de ver várias vezes que, o racionamento ou falta de água no abastecimento a população nessas regiões são constantes,acarretando uma série de problemas aos habitantes dessas regiões.
Enquanto a maioria dos países do planeta vive problemas relativos a escassez da água, o Brasil está numa situação privilegiada em relação a disponibilidade hídrica do seu território: cerca de 17% da água doce superficial e aproximadamente 80% do aquífero Guaraní (maior reserva subterrânea do mundo) encontram-se em seu território.Entretanto cerca de 60% da água superficial brasileira, principal fonte de abastecimento de água no país, encontra-se na região norte, a região menos habitada do país, enquanto outras regiões convivem com a escassez. É o caso da região semi-árida nordestina que sofre com as condições hidrológicas desfavoráveis e a apropriação desigual dos recursos hídricos, ou o caso da maioria das metrópoles e...
tracking img