Des maneiras de desmotivar pessoas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1118 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Dez maneiras de desmotivar pessoas:

 

Desmotivar pessoas é uma arte que não requer muito esforço. Vamos começar com algumas dicas que podem decretar a morte de sua empresa. Segue abaixo algumas formas de desmotivar pessoas:


1º) Mendigue o Salário - Mantenha seu nível salarial defasado, abaixo do mercado, não há necessidade de realizar pesquisa salarial, afinal de contas salário querdizer DESPESA, e aumento de salário quer dizer AUMENTO DE CUSTOS, principalmente sabendo que além de ter que pagá-lo ainda vai dar de lambuja para o Governo 62% desse valor em média, então não aumente seus problemas financeiros.

2º) Padronize os salários - Mantenha um projeto de equalização de salários, afinal de contas, apesar das pessoas serem diferentes, com níveis de comprometimentodiferentes, com competências diferentes, com entregas de trabalho diferentes, para que ter salários diferentes? Somente para aumentar a complexidade de seu universo, mantenha o salário de seus funcionários, além do item 1º, tudo igual assim você não corre o risco de ter que pagar a diferença entre funcionários na justiça do trabalho.

3º) Desestruture cargos e funções - A final de contas quem precisater cargo diferente, quando são mínimas as diferenças de entre as responsabilidades e obrigações, nada de ficar criando cargos só porque alguém é mais competente ou experiente, defina algo do tipo, auxiliar, analista, gerente e diretor, essa hierarquia já é grande demais. Se for o caso de ter que criar um cargo novo, faça-o somente para dar uma diferenciada dos demais, porém o mantenha a radiacurta, se for um cargo de Assessor que seja um Cargo de ASPONUM (Assessor de porcaria nenhuma) quase um sem função efetiva, só para dar um agradinho, mas não é para todos os casos, só os extremos.

4º) Defina metas impossíveis - com essa definição você deixará extremamente ocupado seus funcionários que nem terão tempo para pensar nos itens 1, 2 e 3, e não esqueça de definir formas de monitorar odesempenho dos funcionários, só para verificar o ritmo do trabalho.

5º) Não incentive a criatividade - afinal de contas funcionário não tem que ser criativo, a não ser que, trabalhe na área de marketing televisivo, do contrário você o paga para trabalhar e não para ficar pensando, para isso você tem gerente e diretor. Quando algum funcionário for criativo demita-o imediatamente antes que alastreessa "peste" pela organização.

6º) Crie o sistema de Gestão por Competência no Papel (GPCP) – Conhecido como “somente para Inglês ver" mantenha um programa de avaliação de competência, onde apenas um item do extenso formulário é positivo para o funcionário e o no mínimo três itens para ele desenvolver, e não esqueça de realizar feedback (também conhecido como fididoback, pois quando se recebecheira mal, ou o fodiback é só para destruir o pouco de amor próprio do funcionário), afinal manter seu funcionário informado de seu péssimo desempenho faz parte do processo de desmotivação, e outra, quem não gosta de uma boa conversa com o chefe, sobre o que o funcionário tem de errado que não consegue crescer na empresa. Isso eliminará qualquer esperança de uma promoção. Manter seu funcionárioocupado é a meta real.

7º) Crie normas e regras sem sentido para empresa - Toda boa organização que se preze cria regras, mas tem que ser regras bem estruturadas a ponto de desmotivar seu funcionário, como por exemplo, não permitir a entrada do funcionário com a camisa do time preferido na empresa antes de colocar o uniforme, não permitir que o funcionário entre para trabalhar se esquecer o cracháou mande chamar a atenção dele perto dos outros funcionários, proíba as saidinha para o cafezinho da tarde, alegando redução de custo com o açúcar.

8º) Seja ditador e controlador com seus funcionários - até porque chefe que não se impõem é engolido, mostre aos seus subalternos quem é que manda, mantenha controles rígidos de ordem, disciplina e horários, afinal de contas, funcionário bom é...
tracking img