Dermografismo - teste de baruch

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1185 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SIMON BARUCH: o dermografismo

Quando citamos a palavra reação cutânea na literatura médica, não poderíamos deixar de falar do Dr. Simon Baruch, pois foi este grande médico cirurgião que escreveu em 1918, o livro “Os usos da água da Medicina Moderna” , relatando experiências com a mesma e seus efeitos fisiológicos no organismo, dando ênfase nas reações que a pele poderia demonstrar aolho nu, ou por uma simples observação.


Baruch nasceu em 1841 na Polônia e faleceu em 1921 em Nova York. Aos quinze anos de idade, Baruch foi para os Estados Unidos morar e em 1870, médico formado juntou-se as tropas confederadas do estado de Carolina do Norte e, durante a guerra civil foi o primeiro médico a diagnosticar e realizar uma cirurgia de Apendicite com sucesso.Conhecido como o “pioneiro da Hidroterapia”, Baruch destacou-se por várias descobertas sobre a água como um recurso de promover a saúde e seu efeito no organismo humano, fatos que deram o título de “O pai da Hidroterapia científica”.

Em sua linha de pesquisa, Baruch partiu do clima da Alemanha, que era de baixas temperaturas e, como a água poderia ser utilizada. A primeira observação foinos banhos públicos que eram realizados por lá naquele época, pois com a temperatura muito baixa, o governo promovia campanhas de que a população participasse de banhos em praças , afim de evitar doenças infecto-contagiosas..., mas sem efeito impactante.
Após vários estudos sobre a água, escreveu o primeiro livro chamado “ Os princípios da prática da hidroterapia” em 1898, demonstravade forma clara um guia para os profissionais médicos ou estudantes, aplicarem a água em uma forma terapêutica e evitando doenças.
A Lei de Baruch dizia que quando a temperatura da água é igual a da pele ou mais fria, o efeito resultante no organismo era de estimulação, por conseguinte quando a mesma estava mais quente, o efeito era sedativo.
Em seu livro “O sucesso do tratamentoda febre Tifóide” em 1893, Baruch apresentou o tratamento da febre através da água fria como tentativa de diminuir a temperatura corpórea.


Teste de Baruch

O objetivo desse teste é quantificar o tempo de reação que cada paciente pudesse mostrar em determinadas temperaturas da água. Nas primeiras tentativas de realização do teste, Baruch precisava de uma equipe de profissionais, comoenfermeiros, médicos e auxiliares, porque os pacientes teriam que ficar expostos e imersos a água em banheiras, por vários minutos ou horas.
Os pacientes eram classificados em sadios e doentes, cor de pele clara e negra, a maioria adultos e que não apresentasse nenhuma doença dermatológica aparente.
O método teve o reconhecimento de “Teste de Capacidade Reativa”, ou seja, acapacidade do organismo em reagir a aplicação do calor e do frio com variações de temperatura do clima e condições de saúde da própria pessoa estudada.
Para o teste se tornar mais simples e eficaz, vários segmentos do corpo humano foi explorado, observado e analisado. Foi considerada a realização nas pontas dos dedos, no abdômen e nas bochechas, mas o que apresentou melhor resultado a parteinterna do braço.
A experiência era muito simples, mas a cada paciente, Baruch desenvolvia a percepção do tempo de reação de cada indivíduo treinando assim a olho nu o tempo, a coloração e a reação de estágios do mais lento ou mais rápido, de todo o processo na testagem.
Passando um pedaço de madeira na parte interna do braço, riscando duas linhas paralelas com o início na pele daparte proximal da ulna e no rádio com direção a parte distal dos mesmos. Foi observado a vermelhidão, rubor (hiperemia local) e, esta linha poderia se apresentar mais profunda ou irritada.
A rapidez com que a linha vermelha se desenvolvia na pele, ia anotando o tempo de reação da pele e ao aumento gradativo da intensidade.
Baruch relatava que o calor e o frio não eram relativos e sim...
tracking img