Depressao pos parto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (332 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Depressao Pós Parto e Psicose Puerperal

Principais Causas:
- Variação nos níveis hormonais;
- Questões socioeconômicas;
- Problemas conjugais;
- Baixa autoestima;
- Gravidez não planejada ounão desejada;
- Medo de perder o bebê;
- Mudança de paradigmas em relação a si mesma, como mãe e também filha; ao bebê; ao companheiro; e às mudanças que ocorreram em seu corpo;
- Perda do statusde gestante;
- Revivência inconsciente do trauma do próprio nascimento;
- Sentimento de perda de uma parte de si, ao separar a criança de seu corpo;
- Sentimento de abandono por parte docompanheiro, familiares e amigos, uma vez que o bebê é, por muito tempo, o foco das atenções;
- Medo de não ser uma boa mãe.
Alguns dos sintomas da depressão pós-parto ou da psicose puerperal são: fadiga,desânimo, irritabilidade, distúrbios do sono, alterações no apetite, choro incontrolável, hiperatividade, moleza, desânimo, desinteresse pelo bebê ou medo de fazer mal a ele, mudanças de humor, sentimentode culpa, desinteresse pelas atividades antes prazerosas, baixa autoestima, dificuldades de concentração e pensamentos relacionados à morte e ao suicídio. Segundo a Associação Americana dePsiquiatria, a manifestação de pelo menos cinco desses sintomas, por mais de duas semanas, indica a necessidade de se buscar ajuda médica. Em alguns casos, será necessário o uso de antidepressivos, prescritospelo profissional. Quanto à psicose puerperal, além da medicação, muitas vezes é necessária a internação da paciente e acompanhamento psicológico.

A depressão Pós-Parto atinge de 2 a 5% da populaçãono Brasil.
Pesquisa com 292 mulheres em período Pós- Parto no Brasil ( 31 a 180 dias após o parto)
115 mulheres (39,4%) classificadas como depressivas,
177 muheres (60,6%) classificadas como nãodepressivas

As mulheres com pouca educação, maior numero de gravidez, maior numero de partos, filhos pequenos e relacionamentos curtos, são as mais afetadas pela depressão.

Segue o link de...
tracking img