Depositivismo pombalino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (679 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O despotismo Pombalino e a cidade como imagem do poder



















Este trabalho foi realizado por:
- Daniela Silva, nº 08
- Fábio Antunes, nº10
- Miguel Reis, nº 18
- Rita Matias, nº 23
- Sofia Silva nº 24



Índice
Introdução
O que é o despotismo esclarecido?
O urbanismo pombalino – A cidade como imagemde poder
Conclusão
Bibliografia































Introdução
No âmbito da disciplina de História, foi-nos proposto pela professora a realização de umtrabalho de projeto.
Escolhemos como tema de trabalho “O despotismo pombalino e a cidade como imagem do poder”, pois achamos que Marquês de Pombal foio um homem que contribuiu muito para odesenvolvimento do país e pensamos que foi um grande “herói” pois consegui reconstruir a cidade de Lisboa após o grande terramoto (1775).




















O que é o despotismoesclarecido?
Apartir da segunda metade do século XVIII, alguns monarcas absolutos ficaram sensibilizados com as criticas dos filósofos iluministas e fizeram algumas reformas com tendência a promover oprogresso e o desenvolvimento cultural. A estes monarcas deu-se o nome de déspotas iluminados ou eclarecidos, ou seja, reis que continuavam a ter o poder absoluto, mas sempre sensiveis aos ideaisiluministas. Foi o caso do rei D. José, através do marquês de Pombal.
O lema do despotismo esclarecido, significativamente, era: “Tudo para o povo, mas sem o povo”.
Porém os esforços do despotismoesclarecido não eram suficientes para satisfazer os ideias iluministas.



















O grande objectivo de marquês de Pombal era fortalecer o Estado e modernizar o país. Para issoPombal criou o Erário Régio (organismo que superintendia as finanças do Reino), criou a Real Mesa Censória (substituta da Inquisição nma censura à imprensa), criou a Intendência Geral da Polícia,...
tracking img