Deontologia juridica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3916 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURIDICAS
Bacharelado em Direito
Introdução ao estudo do Direito
Professora Regina Celeste de Castro Faria

A FUNÇÃO DE ADVOGADO E DO MINISTÉRIO PÚBLICO


GOIÂNIA
MARÇO DE 2013


A FUNÇÃO DE ADVOGADO E DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Trabalho realizado no 1º período do curso de Bacharelado em Direito naPontifíciaUniversidade católica de Goiás, na disciplina de Introdução ao Estudo do Direito, JUR 1090, turma A05, do Departamento de Ciências Jurídicas, com finalidade de avaliação e composição parcial da nota da N1. Trabalho acadêmico(resumo do texto A função do Advogado e do Ministério Público).
Professora Regina Celeste de Castro Faria

GOIÂNIA
MARÇO DE 2013
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

O Advogado

1.Conceito.Origens históricas. Missão

A advocacia não é uma profissão moderna, ela acompanha o desenvolvimento da Justiça e do Direito desde os primórdios da sociedade. 
Vários foram os conceitos encontrados para a definição de advogado dentre eles pode-se citar: O Digesto, livro da codificação romana, já definia advogado como “aquele que expõe ante o juiz competente a sua intenção ou a demanda de umamigo, ou para bem combater a pretensão de outro” (em Liv. III, Tít. I e II). 
O termo advogado, vem do latim “advocatus”, que significa, aquele que é chamado pelas partes para auxiliar em suas alegações. 
Mas o que melhor conceitua a figura do advogado éensinamento do Professor Lous Crémieu, da Faculdade de Direito da Universidade de Marseille (Paris, França), como sendo “toda pessoa, licenciada emdireito e munida do diploma e munida do diploma profissional, regularmente inscrita na Ordem, cuja profissão consiste em consultar, conciliar e pleitear em juízo”. Aí se encontram, dizia ele, as três grandes satisfações do advogado: “o prazer de conciliar, o prazer de pleitear e o prazer de ganhar o processo”. 
Na Grécia Antiga os cidadãos deviam conhecer seus direitos e obrigações, poisdeveriam estar aptos para enfrentar os tribunais, expondo e defendendo seus direitos. Os juízes, chamados arcontes, interrogavam as testemunhas e colhia as provas e depois chamava as partes a exporem oralmente suas pretensões no caso. Daí surgiu os “Oratores” que auxiliavam os litigiosos com suas exposições orais perante o juiz. Esses podem ser considerados os primeiros ‘advogados’. 
Na Grécia tiveramgrandes advogados e oradores. Um deles é Antifon (479-411 a.c), grande orador ateniense era conhecido por sua eloquência arrebatadora e uma personalidade de grande argúcia e talento. Outro grande homem foi Lisias, admirável advogado, com raciocínio frio, simples, objetivo e enérgico.   
Contudo, quem foi o primeiro a receber o título de advogado foi o grande orador Demóstenes (século IV), pelofato de que se dedicou ao estudo das leis, demonstrando vocação extraordinária para a interpretação e a comparação de textos de leis da época.  
Todavia, foi em Roma que a profissão obteve individualidade e autonomia, sendo chamados formalmente de advogados. 
Em Roma, originou-se a técnica pela casuística, pela ciência, e o discurso foi substituído pelo parecer jurídico, a forma verbal pela formaescrita, formando o processo. Os “patronus”, homens de saber, que tinham o papel primordial de proteção e defesa dos “plebeus”, que constituíam uma classe inferior, desta forma os patronus foram então considerados os primeiros advogados romanos.  
Da mesma forma que os gregos, os advogados Romanos foram treinados em retórica e não em Direito, assim como os juízes que também eram treinados emretórica. 
Os juízes romanos, governadores, advogados e pessoas comuns frequentemente consultavam como um parâmetro às opiniões dos jurisconsultos antes de tomarem uma decisão. Os Romanos foram os primeiros a terem uma classe de pessoas que passavam seus dias pensando sobre problemas jurídicos, e essa é um dos motivos de que a lei romana se tornou tão precisa, detalhada e técnica. 
 
2.Requisitos...
tracking img