Dengue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2246 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIPAC – FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS
CURSO DE ENFERMAGEM


DANIEL RIBEIRO
FRANCISCA MENDES
GERALDINA SALES
JÚLIO CÉSAR ALVES RIUTO
MARIA APARECIDA



LIXO NA CIDADE DE UBERLÂNDIA





UBERLÂNDIA
2013DANIEL RIBEIRO
FRANCISCA MENDES
GERALDINA SALES
JÚLIO CÉSAR ALVES RIUTO
MARIA APARECIDA
FULANA DE TAL





LIXO NA CIDADE DE UBERLÂNDIA



Trabalhoapresentado na disciplina de Enfermagem em Saúde Ambiental e Ecologia no 1 Período de Enfermagem, UNIPAC, para avaliação sob a orientação do Professor Roberto Honorato de Lima.





UBERLÂNDIA
2013
INTRODUÇÃO 5
PROJETO COLETA SELETIVA 5
COLETA SELETIVA DE LIXO: CORES 5
ECOPONTOS 6
CORU 6
LIMPEBRAS 6
ENERGAS – GERAÇÃO DE ENERGIA 7
O LIXO URBANO E SUAS CONSEQUÊNCIAS 7
O CONSUMO DE BENSMATERIAIS E O LIXO 7
CONSIDERAÇÕES FINAIS 8
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 8

INTRODUÇÃO

Tudo aquilo que não serve mais e que jogamos fora, sendo considerados como coisas inúteis, imprestáveis, velhas, sem valor, quando fazemos uma faxina na casa ou tudo aquilo que o homem produz e com o tempo perde sua utilidade e se torna descartável é chamado de lixo. Podem ser classificados como secos: papéis,plásticos, metais, couros tratados, tecidos, vidros, madeiras, guardanapos e tolhas de papel, pontas de cigarro, isopor, lâmpadas, parafina, cerâmicas, porcelana, espumas, cortiças, ou molhados: restos de comida, cascas e bagaços de frutas e verduras, ovos, legumes, alimentos estragados etc.
O lixo pode ser orgânico, tendo como referencial o lixo doméstico e o inorgânico, tendo como referencial olixo comercial.
PROJETO COLETA SELETIVA

Existe em Uberlândia o “Coleta Seletiva”, um projeto das secretarias municipais de Serviços Urbanos e Meio Ambiente que tem como objetivo facilitar a separação e a destinação do material para reciclagem. O projeto consolida o sistema municipal de gerenciamento de resíduos, formado por outros projetos como A Cidade Limpa e os Eco pontos.
O primeiro bairro areceber o “Coleta Seletiva” foi o Santa Mônica, que concentra aproximadamente 10 mil residências e cerca de 36 mil habitantes. Atualmente, a região produz 800 quilos de lixo por dia. Desse total, 18% podem ser destinados à reciclagem.
O projeto será aplicado gradativamente nos bairros adjacentes ao Santa Mônica e demais bairros da cidade. Todo o lixo recolhido durante a operação do “ColetaSeletiva” será encaminhado às entidades parceiras da Prefeitura na reciclagem de lixo: a Associação dos Recicladores e Catadores Autônomos de Uberlândia (Arca), a Cooperativa dos Recicladores de Uberlândia (Coru) e a Associação dos Coletores de Plástico, Pets, PVC e Outros Materiais Recicláveis  (Acopppmar).

COLETA SELETIVA DE LIXO: CORES

A coleta seletiva do lixo constitui em separar o lixo emgrupos distintos, cada  um com tipos de lixo correspondente com sua classificação. Sem o processo da separação do lixo não é possível fazer reciclagem, pois nas usinas de tratamento e reciclagem o lixo já deve chegar o mais separado possível.
Na separação do lixo devem ser colocados cestos de lixos com identificação para lixos de papéis, plásticos, metais e/ou alumínio, vidros, orgânicos, etc.Cada um deverá possui uma cor de identificação que facilita a coleta. As cores correspondentes são:

Cor
Tipo de lixo
Azul
Papel/papelão
Amarelo
Metal
Verde
Vidro
Vermelho
Plástico
Marrom
Orgânico
Laranja
Resíduos perigosos
Preto
Madeira
Cinza
Resíduos gerais não recicláveis ou misturados, ou contaminado não passível de separação.
Roxo
Resíduos radioativos
Branco
Resíduosambulatoriais e de serviço de saúde

Para fazer a coleta seletiva de lixo é preciso que os serviços de coleta do lixo consigam recolher e destinar o lixo como classificado. De nada adianta uma pessoa fazer a classificação do lixo em casa e este ser misturado no caminhão que recolhe o lixo. Portanto, este não é um processo individual e sim coletivo. Algumas cidades do Brasil já fornecem o serviço...
tracking img