Dengue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (600 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Goiânia, 24 de Março de 2013.
UNIP - Universidade Paulista
CURSO: Odontologia
DISCIPLINA: Educação em Saúde e Meio Ambiente - Estágio
Prof. Dr. Carlos Rodolfo Mohn Neto (Líder)
Prof. Ms. LeandroBrambilla Martorell
Alunos: Amanda C. da Silveira (B7152J-1), Guilherme Gomes (B70971-5), Ingryd de Lima (B7151G-0), Jakes R. de Paula (B69729-6), Jennifer de C. Martins (B711JI-2), Lara CristinaSantos (B73821-3), Leandro Alves (B71GAF-1), Leonardo Couto Lima (B70BH-2), Marcos Vinícius Marques (B73859-6) e Talyta Lourenço da Paixão (B73077-3).Análise de Conteúdo
Campanha publicitária contra a dengue:
A peça publicitária escolhida foi um cartaz impresso e espalhado em Minas Gerais. A seguir, a análise do mesmo.
a) Qual a linguagemutilizada?
A linguagem utilizada é a formal, com fusão de linguagem verbal e linguagem não verbal. O texto está na segunda pessoa do singular e no modo imperativo.
b) As informações estãoadequadas para o meio de veiculação utilizado?
As informações presentes no cartaz não estão totalmente adequadas, pois, pelo fato de o cartaz ter sido espalhado pela cidade, deveria haver uma frase demaior impacto, que gerasse a curiosidade do público alvo em se aproximar e colher as demais informações. A frase que seria a principal, se encontra pequena e não é convidativa. Por outro lado, a campanhaé breve e contém as orientações mais importantes que a sociedade necessita, mostrando o que pode ser feito para combater a doença, evitando a epidemia.
c) Qual é o provável público alvo dacampanha?
A campanha é direcionada a toda a população, principalmente donas de casa, pessoas com residência própria ou responsáveis pela limpeza e manutenção de um local.
d) Quais aspectos sobre adoença a propaganda levantou? Quais problemas apresentados? Segundo a propaganda qual é o principal problema que mantém a dengue como um problema de saúde?
O cartaz apresenta os sintomas mais...
tracking img