Democracia e seus principais pensadores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 8 (1848 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 8 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COLÉGIO UNIVERSO



Seu nome como aluno







Democracia e Seus Principais Pensadores









OLINDA
2013


Seu nome como aluno






Humanismo e Classicismo
















OLINDA
2013
Sumário
1.INTRODUÇÃO.........................................................................................04

2. Democracia.............................................................................................05

2.1 Principais Pensadores Da Democracia.................................................07

1. Jean JacquesRousseau........................................................................07

1.2 Nicolau Maquiavel.............................................................................09

1.3 Montesquieu......................................................................................09

3. REFERÊNCIAS......................................................................................11















1.Introdução
Antes dosurgimento da democracia, o regime político grego era controlado pelos grandes proprietários de terra. O privilégio e o nascimento eram os critérios para que as instituições políticas fossem organizadas nas mãos de uma minoria. Com o aparecimento do ideal democrático, essa minoria perdeu lugar para a figura de um cidadão capaz de argumentar, fazer escolhas, criticar concepções e defender perspectivas. Toda essa capacidade exigida desse novo cidadão abriu espaço para que os jovens fossem preparados para o exercício da cidadania. Foi nesse período em que surgiram os sofistas que criticaram sistematicamente os pensadores cosmologistas. Esses filósofos tinham a pesada preocupação de explicar racionalmente as origens do mundo, a personalidade do homem e a ordenação da natureza.Em contrapartida, os sofistas ignoravam essas questões dizendo que o convencimento das idéias era o que importava. 

Essa concepção oferecida pelos sofistas ganhou grande espaço no regime democrático, já que as assembléias eram dotadas por discussões onde os cidadãos decidiam a aprovação das leis. Entre os principais mestres do sofismo destacava-se Isócrates de Atenas, Protágorasde Abdera e Górgias de Leontini. Mesmo conseguindo arrebanhar diferentes seguidores, os sofistas sofreram a crítica sistemática de outros filósofos como Sócrates. 




2.Democracia
Democracia (do grego demos, “povo”, e kratos, “autoridade”).
Segundo o dicionário Aurélio: ”1- Governo do povo; soberania popular; democratismo. 2-Doutrina ou regime político baseado nos princípios da soberaniapopular e da distribuição eqüitativa do poder.”
“É o governo do povo, para o povo, pelo povo”. “Governo do povo” quer dizer governo com um sentido popular; “para o povo” significa que o objetivo é o bem do povo; “pelo povo” quer dizer realizado pelo próprio povo. Na democracia é o povo quem toma as decisões políticas importantes (direta ou indiretamente por meio de representantes eleitos).
ADemocracia surgiu na Grécia onde o governo era realmente exercido pelo povo, que fazia reuniões em praça pública para tratar de vários assuntos e problemas, era a chamada Democracia Direta. Neste tipo de democracia, as decisões são tomadas em assembléias públicas. Com o crescimento das populações, as reuniões em praça pública ficaram impossíveis de acontecer, surgiu, então um novo tipo de Democracia,a Democracia Representativa, onde o povo se reúne e escolhe – por meio do voto – os representantes que irão tomar decisões em seu nome. Este é o processo mais comum de tomada de decisão nos governos democráticos, também chamado de mandato político.
A democracia se opõe à ditadura e ao totalitarismo e reúne princípios e práticas que protegem a liberdade do ser-humano.
Em seu livro “Política”, o...
tracking img