demanda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 8 (1982 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 2 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO À ECONOMIA PARA ENGENHEIROS
CAPÍTULO 2 - OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA - PINDYCK
1. Suponhamos que um clima excepcionalmente quente ocasione um deslocamento para
a direita na curva da demanda de sorvete. Por que razão o preço de equilíbrio do
sorvete aumentaria?
Suponhamos que a curva de oferta se mantenha inalterada. O clima
excepcionalmente quente causa um deslocamentopara a direita da curva da
demanda, gerando, no curto prazo, um excesso de demanda ao preço vigente.
Os consumidores competirão entre si pelo sorvete, pressionando o preço para
cima. O preço do sorvete aumentará até que a quantidade demandada e a
quantidade ofertada sejam iguais.
Preço
S

P2

P1

D1
Q1 = Q2

D2

Quantidade de sorvete

2. Utilize as curvas da oferta e da demandapara ilustrar de que forma cada um dos
seguintes fatos afetaria o preço e a quantidade de manteiga comprada e vendida:
a.

Um aumento no preço da margarina.
A maioria das pessoas considera a manteiga e a margarina bens substitutos.
Um aumento do preço da margarina causará um aumento do consumo de
manteiga, deslocando a curva da demanda de manteiga para a direita, de D1
para D2 na figura aseguir. Esse deslocamento da demanda causará o aumento
do preço de equilíbrio de P1 para P2 e da quantidade de equilíbrio de Q1 para
Q2.

6

Preço
S

P2

P1

D2

D1
Q1

b.

Q2

Quantidade de manteiga

Um aumento no preço do leite.
O leite é o principal ingrediente na fabricação da manteiga. Um aumento do
preço do leite elevará o custo de produção da manteiga. A curva daoferta de
manteiga será deslocada de S1 para S2 na figura a seguir, o que resultará em
um preço de equilíbrio mais alto, P2, de modo que os custos mais elevados de
produção serão cobertos, e em uma menor quantidade de equilíbrio, Q2.
Preço
S2
S1
P2
P1

D
Q2

Q1

Quantidade de manteiga

Figura 2.2.b
Observação: Dado que a manteiga é produzida a partir da gordura extraída
doleite, a manteiga e o leite são, na verdade, produtos complementares.
Levando em consideração tal relação, a resposta a essa questão será
diferente. Nesse caso, à medida que o preço do leite aumenta, a quantidade
ofertada também aumenta. O aumento na quantidade ofertada de leite
implica maior oferta de gordura para a produção de manteiga. Isso provoca
um deslocamento da curva da oferta de manteigapara a direita e,
conseqüentemente, uma diminuição do preço da manteiga.

7

c.

Uma redução nos níveis de renda média.
Suponhamos que a manteiga seja um bem normal. Uma redução no nível de
renda média causará um deslocamento da curva de demanda de manteiga de
D1 para D2. Isso resultará na redução no preço de equilíbrio de P1 para P2,e na
quantidade de equilíbrio de Q1 para Q2. Veja afigura a seguir.

3. Se um aumento de 3% no preço de sucrilhos causa uma redução de 6% na
quantidade demandada, qual é a elasticidade da demanda de sucrilhos?
A elasticidade da demanda é a variação percentual da quantidade demandada
dividida pela variação percentual do preço. A elasticidade da demanda de
sucrilhos é

−6
= −2 , o que é equivalente a dizer que um aumento de 1% no
+3preço leva a uma diminuição de 2% na quantidade demandada. Essa é a região
elástica da curva da demanda, onde a elasticidade da demanda é maior que –
1,0.
4. Por que razão as elasticidades da demanda no longo prazo são diferentes das
elasticidades no curto prazo? Considere duas mercadorias: toalhas de papel e
televisores. Qual das duas é um bem durável? Você esperaria que a elasticidade depreço da demanda das toalhas de papel fosse maior no curto ou no longo prazo? Por
quê? Como deveria ser a elasticidade da demanda no caso dos televisores?
A diferença entre as elasticidades de um bem no curto e no longo prazo é
explicada pela velocidade com que os consumidores reagem a mudanças no
preço e pelo número de bens substitutos disponíveis. O aumento no preço das
toalhas de papel, um...
tracking img