“Deixai vir a mim os pequeninos...” um estudo sobre a realidade da criança brasileira frente à violência intrafamiliar refletida à luz do pensamento de rené girard

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 137 (34122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO – UMESP
FACULDADE DE TEOLOGIA












“DEIXAI VIR A MIM OS PEQUENINOS...”


UM ESTUDO SOBRE A REALIDADE DA CRIANÇA BRASILEIRA FRENTE À VIOLÊNCIA INTRAFAMILIAR REFLETIDA À LUZ DO PENSAMENTO DE


RENÉ GIRARD








Bolsista: Vânia Daibert


Orientador: Cláudiode Oliveira Ribeiro

Período relatado: Julho/2008 a Agosto/2009
Programa: PIBIC/UMESP
Protocolo:









Relatório final de atividades científicas apresentado à coordenação executiva dos programas institucionais de bolsas de iniciação científica como parte dosrequisitos das atividades do bolsista de iniciação científica.









São Bernardo do Campo


31/08/2009











RESUMO










Este pesquisa analisa o tema da violência infantil no contexto intrafamiliar brasileiro. A partir de uma retrospectiva histórica, levantamentos estatísticos atuais e estudos científicos sobre a violência humana, esta investigaçãopretende demonstrar que o sujeito infantil têm sido vitimizado por seus familiares, em todos os tempos. O tratado proposto por René Girard sobre a origem e a causa da violência humana nos auxilia na constatação de que a criança reúne as marcas vitimárias que as tornam vítimas ideais de tais agressores, que têm sido historicamente protegidos pelo caráter sagrado atribuído à família pelo pensamentoreligioso. Portanto, o reconhecimento contemporâneo quanto à indissociabilidade do secular e do religioso e a ineficiência do Estado e do poder público revelam a urgência das igrejas em assumirem efetivamente o papel de agências transformadoras dessa realidade.


Palavras-chave: criança – violência – Girard.









INTRODUÇÃO






O fenômeno da violência humana semprese apresentou como um grande desafio para o ser humano porque ao deparar-se com o “olho do furacão” é evocada a natureza humana, ainda tão recoberta por mistérios. Entretanto, avançar neste sentido é fundamental para a existência humana, tendo em vista que a violência desfigura a originalidade da criação.


No caso da violência familiar contra crianças – tema da pesquisa – sabemos que elanão ocorre apenas em espaços domésticos. Ela também se manifesta em outros lugares. Todavia, nos lares ocorrem atos violentos cruéis. Diversos depoimentos nos motivaram a desenvolver a presente pesquisa.

A proteção proporcionada pelo caráter sagrado atribuído à família historicamente favoreceu a violência em seu interior. Talvez esta tenha sido a principal razão do silêncio da sociedadefrente a este tipo de violência em todos os tempos.

Este fenômeno vitimiza crianças de todas as classes sociais. Embora as crianças pobres componham a maioria de vítimas atualmente, é notório que a violência não está associada apenas à pobreza, pois temos percebido sua presença em lares abastados onde as crianças estão sendo igualmente violentadas.

Embora o homicídio cometido porfamiliares contra crianças sempre tenha ocorrido, atualmente experimentamos a sensação de que, contrariando as noções de civilização, genitores estão enlouquecendo e até mesmo matando seus filhos. Estudos recentes mostram que este é um problema global. Os dados estatísticos que mapeiam este fenômeno são insuficientes não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro. Isto porque são recentes os esforçosde combate à violência contra crianças.

Considerando a natureza grave e urgente deste problema todos estão sendo convocados para o combate da violência doméstica. Nesse sentido, a comunidade acadêmica também está envolvida. Esta pesquisa se concentra especificamente da violência doméstica contra crianças, embora estejamos cientes que a violência essencial ameaça toda a humanidade....
tracking img