Degradação dos solos por sais numa área do vale do submédio do rio são francisco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2659 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
XXIX Reunião Brasileira de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas XIII Reunião Brasileira sobre Micorrizas XI Simpósio Brasileiro de Microbiologia do Solo VIII Reunião Brasileira de Biologia do Solo Guarapari – ES, Brasil, 13 a 17 de setembro de 2010. Centro de Convenções do SESC

Degradação dos Solos por Sais numa Área do Vale do Submédio do Rio São Francisco
Manoel Batista de OliveiraNeto(1); Tony Jarbas Ferreira Cunha(2); José Coelho de Araújo Filho(1); José Carlos Pereira dos Santos(1); Maria Sonia Lopes da Silva(1); Roberto da Boa Viagem Parahyba(1) & Ivan André Alvarez(2)
(1) Pesquisador da Embrapa Solos UEP Nordeste, Rua Antônio Falcão, 402, Boa Viagem, Recife, PE. neto@uep.cnps.embrapa.br (apresentador do trabalho); coelho@uep.cnps.embrapa.br,josecarlos@uep.cnps.embrapa.br,
sonia@uep.cnps.embrapa.br, parahyba@uep.cnps.embrapa.br. (2) Pesquisador da Embrapa Semiárido, BR 428, km 152. P.O. Box 23, CEP: 56.302-970, Petrolina, PE. tony@cpatsa.embrapa.br, ivan.alvarez@cpatsa.embrapa.br.

RESUMO – A degradação ambiental na região Semiárida do Nordeste brasileiro é uma das principais causas da perda de produtividade das culturas, da supressão da vegetação natural comconseqüente estabelecimento de núcleos de desertificação. A salinização e sodificação constituem as principais causas de degradação dos solos em áreas de várzeas na região semiárida. O predomínio de rochas cristalinas combinado com o clima semiárido e a topografia do terreno tornam os ambientes potencialmente susceptíveis à degradação ambiental por sais. O vale do Submédio São Francisco, inseridona região semiárida, apresenta muitas áreas com elevado estágio de degradação ambiental. Diante disso, elaborou-se um estudo numa toposseqüência para avaliar a dinâmica do sódio e sua contribuição na degradação por sais, numa área de várzea do Submédio do rio São Francisco. Para a realização do estudo coletou-se três perfis de solos distribuídos numa pendente, abrangendo três ambientes distintos;topo, encosta e várzea. Nos perfis foram procedidas análises físicas, químicas e morfológicas para caracterização dos solos. De acordo com os resultados analíticos, observou-se que o sódio participou efetivamente nos processos de salinização e sodificação de alguns solos das margens do rio São Francisco, e que, o embasamento cristalino predominante na região, é a principal fonte produtora de íonsresponsáveis pelos processos de salinização dos solos. Palavras-chave: salinização, sodificação, sais, íons, degradação, semiárido, edáficos, toposseqüência.

INTRODUÇÃO - A salinização e sodificação são os processos mais importantes de degradação dos solos na região semiárida. Estes processos modificam as características físicas e químicas dos solos, reduzindo a sua fertilidade natural,suprimindo a vegetação natural, aumentando a erosão hídrica e eólica, levando conseqüentemente à desertificação dos ambientes. A salinização decorre da concentração no solo, de sais solúveis em água ricos em íons de potássio (K+), magnésio (Mg2+), cálcio (C2+), cloreto (Cl-), sulfato (SO42-), carbonato (CO32-), bicarbonato (HCO3-), enquanto que a sodificação decorre da concentração do sódio (Na+) nasolução do solo. O Vale do Submédio São Francisco está inserido na região Semiárida do Nordeste brasileiro, dominada por baixas precipitações pluviométricas, alta evaporação, domínio de rochas cristalinas e solos rasos e pedregosos. As rochas cristalinas ao se intemperizarem liberam grande quantidade de elementos químicos, constituindo a principal fonte de bases e íons que abastecem os sistemasedáficos e, entre estes, o sódio é o principal elemento que promove a salinização e sodificação dos solos. Regiões com estas condições de clima e geologia possuem alto potencial para acumulação de sais por processos naturais (salinização primária), agravando-se sensivelmente com o uso inadequado dos recursos naturais. As características ambientais da Região e o manejo inadequado dos solos e da água...
tracking img