Defesa sobre case de troca de filhos na maternidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
• Atualmente, a condição dos menores é a seguinte: temos um menor, Luis Felipe, hoje com 10 anos de idade, freqüentando regularmente a escola; inserido socialmente; realiza regularmente atividadesfísicas; goza de uma boa relação com os familiares;
• De outra banda o menor (fulano de tal), não teve a mesma sorte. Conforme as indicações trazidas este encontra-se a própria sorte; abandonou aescola; já tem passagens por instituições de tutela infanto-juvenil; como se os fatos supracitados não fossem suficientes, este mesmo contando com apenas 10 anos de idade já é dependente químico;
•As condições dos menores refletem a dedicação e o empenho das famílias em sua criação. De um lado temos um jovem, fruto de uma família estruturada, que não mediu esforços para possibilitar seuconhecimento adequado;
• Em contrapartida, Fulano de tal, é resultado de uma família desestruturada, que não foi capaz de orientá-lo na formação de seu caráter e, o trágico resultado, é um individuoprecocemente envolvido com drogas;
• A proposta de fazer com que as crianças retornem a família biológica vai resultar em um problema ainda maior.
• Como submeter um pré-adolescente jáambientado, com vínculos já estabelecidos a conviver com pessoas estranhas, em um ambiente inóspito, com pessoas completamente estranhas, e imaginar que isso vá resolver alguma coisa!!!!
• De outro ladotemos um pré-adolescente que já possui um sério problema a ser sanado, em que pese este precisa de apoio e convívio com seus pais, não os biológicos, mas sim aqueles pelos quais ele possui (oudeveria possuir) laços afetivos.
• Ainda mais, a família B que não soube educar, que não destinou ao seu filho carinho e educação suficientes, para evitar que este se envolvesse com drogas, agora vaireceber em sua casa um garoto bem educado, sadio, com sonhos, com expectativas as quais estes não terão condições de suportá-las.
• Não parece minimamente lógico submeter essas crianças a mais...
tracking img