Defesa caso exploradores de cavernas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os Exploradores não devem ser sentenciados à morte, porque...

Porque de acordo com o livro, (´´A lei da natureza, direito natural, funda-se este entendimento na proposição de que o nossodireito positivo, pressupõe a possibilidade da coexistência dos homens em sociedade. Surgindo uma situação que torne a coexistência impossível´´) (Foster,1, pag. 9)
Pelo contrário, eles tinhamformado um contrato coerente, estipulando a perca da vida de um deles, porem devolvendo à vida e o direito de ser feliz, dos demais sobreviventes. Sendo que não podemos esqueçer que eles estavam fora deuma sociedade ´´cívil´´, então quando se diz respeito à metodos de sobrevivência, todavia consequências primitivas são aceitáveis.
Eles não saíram de suas casas, embuídos de animus necandi, foramapenas para mais um dia de seus serviços. Como faziam dia após dia, trabalhadores honestos sem pendências com a justiça e muitos com família como Whetmore, mas à questão em palta é todos ali seencontravam na mesma situação, contando os dias para suas própias mortes. E suas famílias como iriam proseguir com a perda de um membro tão importante e significante como o pai? Whetmore teve sensibilidade emostrou que a decisão mais coerente, porem lamentável nas situações que se encontravam, era o sacrifício de algum membro do grupo.
Vendo que na própria lei prescreve que quem prive outrotem davida sera culpado. Vendo na situação que ´´Whetmore, falando em seu próprio nome e em representação dos demais, endagou se eles seriam capazes de sobreviver por mais dez dias se alimentassem da carnede um dentre eles´´. (Fuller, p.7)
Eles não negaram direito à vifa de Whetmore, com toda certeza pensaram em conjunto. Como nenhum de nós, vivemos a situação dos réus, não somos aptos à julgar talfatalidade. Por isso que é errado afirmar, ´´ Em um caso desta natureza o principío da clemência executiva parece admiravelmente apropriado para mitigar os rigores da lei, razão.´´ (Fuller, p.8).
´´...
tracking img