Debret

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anhanguera Educacional
Niterói - 2011


Formação Social, Econômica e Política do Brasil

















Cenário Social e Econômico do Brasil-Colônia







Curso: Serviço Social – 2º Período





























Anhanguera Educacional
Niterói – 2011


Jean-Baptiste Debret nasceu na cidade de Paris na França em 18 deAbril de 1768.
Iniciou sua vida profissional, sob a influência de Jacques-Louis David. Membro da missão artística francesa, Debret foi contratado por Dom João VI para retratar as belezas naturais e humanas do Brasil. Integrou a missão chefiada por Lebreton ao Brasil, quando chegou em Março de 1816 ficando até 1831, quando decidiu deixar a vida confortável de Paris devido à derrota de Napoleão. Omais incível é que Debret teve a opção de embarcar em outra missão programada para a Rússia mas optou por conhecer o Brasil. Durante 15 anos, seu trabalho baseou-se na retratação de cenas cotidianas sobre a relação entre brancos, negros, indígenas e sua fauna e flora. Detalhou a riqueza dos adereços usados por cada um dos povos e suas regiões, retratou o processo de Independência do Brasil e osprimeiros anos de governo de Dom Pedro I e ainda inspirou o símbolo mais importante de nossa pátria: A Bandeira Nacional.

Projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, com desenho de Décio Vilares, que vem da inspiração de Debret sobre a bandeira do Império. Teve a sugestão de Benjamin Constant à expressão positivista de "Ordem e Progresso" na esfera azul celeste no lugar da coroaimperial. Dentro da esfera está representada o céu do Rio de Janeiro com a constelação do Cruzeiro do Sul.
O resultado final deu-se às 08:30h de 15 de Novembro de 1889 o dia da Proclamação da República.
Em 1992, uma lei alterou a bandeira para permitir que todos os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal estivessem representados por estrelas.



A Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil temcentenas de imagens, desenho e esboços feitos por Debret, mas alguns desses exemplares podem ser fraudes do próprio Debret. Alguns desenhos são muito semelhantes aos encontrados em uma publicação sobre uma viagem aos Estados Unidos. Suspeita-se que Debret tenha feito releituras dessas imagens e nunca tenha realmente afastado-se muito do Rio de Janeiro, criando uma viagem ao interior para conhecermelhor aos índios que de fato nunca aconteceu. Mesmo supondo que isso possa ter sido verdadeiro, e provavelmente nunca saberemos ao certo, a obra de Debret foi importantíssima para tornar o Brasil mais conhecido na sociedade intelectual francesa. Em suas telas retratou não apenas a paisagem, mas sobretudo a sociedade brasileira, não esquecendo de destacar a forte presença dos escravos. Foiiniciativa sua a realização da primeira exposição de arte no país, em 1829. Debret voltou a Paris e assim faleceu ao dia 11 de junho de 1848.
“Sofrimento sentido na pele ”


Nesta imagem, Debret retrata muito bem a realidade da escravatura ressaltando a desvalorização e humilhação com o ser humano. Cena muito comum desta época. Um escravo sendo chicoteadopor seu capataz. E ao fundo, outro escravo sendo chicoteado ao mesmo tempo. E o mais interessante, é que o castigo está sendo aplicado por outro escravo. Esta imagem, nos faz refletir sobre várias questões, principalmente no valor do ser humano que na época não tinham valor algum para a sociedade e eram tratados como mercadorias e animais.


“Osilêncio dos inocentes”


Nesta imagem,Debret retrata a realidade da escravatura e a desvalorização do ser humano. Homens,segregados e submetidos a condição degradante de 'peças',onde a voz era silenciada com mordaças e as vestes em trapos subjugando-os aos seus senhores.

















Um funcionário a passeio com sua família.


Imagem...
tracking img